Moto3: Incrível Canet não impede Dalla Porta de liderar o campeonato

Por a 7 Julho 2019 23:39

Lorenzo Dalla Porta era, sem dúvida, um dos pilotos que mais queria a vitória em Sachsenring. Depois de já ter arrecadado quatro segundos lugares esta temporada, chegou a vez de o italiano se colocar, finalmente, no lugar mais alto do pódio.

Chegou-se a pensar que poderia chover durante a corrida mas o sol acabou por espreitar para receber os pilotos com uma pista seca. Numa corrida em que seria Ayumu Sasaki a partir da pole pela primeira vez na sua carreira, o japonês teve a companhia do seu compatriota Kaito Toba. A fechar a primeira fila estava Marcos Ramirez, com o colega de equipa, Lorenzo Dalla Porta na quarta posição.

Ao arranque o destaque parecia ser para Toba e Kornfeil mas acabaria por ser Romano Fenati, vindo de quinto, a liderar na primeira curva. Um incidente viria a atirar para fora da corrida Alonso Lopez e também Gabriel Rodrigo, que está a afastar-se, cada vez mais, da luta pelo campeonato.

Como é habitual em Moto3, a luta na frente intensificava-se a cada curva com inúmeros pilotos a discutir a liderança da corrida. Por esta altura, Aron Canet, que tinha partido de 22º estava a conseguir recuperar algumas posições e já se encontrava em 17º. Numa pista que se sabia não ser fácil recuperar muitas posições devido às suas características tão particulares, as esperanças em relação ao espanhol não estavam muito altas.

Aron Canet fez de tudo para subir na tabela ao longo da corrida

Um grupo de nove pilotos parecia começar a afastar-se, com Ramirez na frente. Com ele, sempre na luta pela liderança, estavam também Kornfeil, Dalla Porta, Fenati, McPhee e Sasaki. As posições foram-se alterando constantemente e Ramirez aproveitou para tentar criar um espaço entre si e o resto do grupo. Chegou a ter um segundo de vantagem, que acabaria por ser recuperado pouco depois, devido a alguns erros que acabaria por cometer.

Canet já rodava entre o 15º e o 14º lugar mas parecia ter encontrado uma “parede”, tal como aconteceu na corrida anterior. Durante várias voltas os progressos não foram muitos e parecia ter-se acomodado à sua posição. Já tínhamos passado o meio da corrida quando Toba e Arenas ficaram pelo caminho. Uma desilusão para o japonês que já leva quatro corridas consecutivas sem pontuar.

Com o grupo de nove reduzido a sete pilotos, Fenati aproveita para recuperar a liderança da corrida. Canet estava ainda em 15º quando protagoniza um momento assustador ao embater na traseira da moto de Arbolino, quase perdendo o equilíbrio. No entanto, as coisas estavam a parecer melhores para o espanhol. Com todas as trocas que aconteciam no grupo da frente, o líder do grupo onde seguia (Sasaki) foi conseguindo diminuir o gap que tinham de um para cerca de meio segundo.

É nesta fase que Canet começa a recuperar mais algumas posições, subindo de 15º para 9º em apenas três voltas. Enquanto isso acontecia, o seu grupo acabava de se juntar ao do então líder da corrida, Lorenzo Dalla Porta. Foi quando as coisas pareciam estar mais ou menos seguras para o italiano que Canet se colocou mesmo atrás de si, num abrir e fechar de olhos. Tudo isto, a apenas três voltas do final da corrida

O espanhol estava a dar tudo para conseguir a vitória e era ele quem liderava à entrada para a última volta. Parecia inacreditável o que estava a acontecer: uma luta entre os dois pilotos da Leopard e Aron Canet que, partindo de 22º, tinha chegado em socorro da sua liderança no campeonato.

Porém, Dalla Porta já tinha esperado demasiado tempo pela sua primeira vitória da temporada e não perdeu mais tempo para passar o espanhol. Depois da ultrapassagem, o italiano não deu mais hipótese com Ramirez a bloquear Canet e a segurar a segunda posição. Apesar de não ter conseguido segurar nem a liderança da corrida nem do campeonato, o brilhante trabalho que fez em Sachsenring é inegável. “Foi uma corrida muito boa. Nas últimas voltas esforcei-me ao máximo para segurar o pódio, consegui e penso que estamos num bom caminho”. Um excelente resultado para o espanhol que passa para segundo no campeonato mas fica a apenas dois pontos de Dalla Porta.

Os três pilotos a cortar a meta em fila (Dalla Porta na frente, Ramirez em segundo e Canet a surgir em terceiro)

Marcos Ramirez também se mostrou satisfeito com o segundo pódio da temporada. “Foi um bom resultado para o campeonato mas também para a equipa”. Para além disso, o espanhol mencionou ainda que ontem no final do dia não conseguia mexer a perna com dores e acabou por se dirigir ao hospital.

Quanto a Dalla Porta, a felicidade era notória. “Finalmente ganhamos e vamos para a pausa de verão com uma vitória e a liderança do campeonato”. O piloto italiano tem-se mostrado muito forte em corrida e continua a ser um sério candidato à vitória do campeonato, que sofreu uma grande alteração depois dos resultados de hoje. Na terceira posição do campeonato está Antonelli, agora a 28 pontos de Dalla Porta, depois de ter terminado na 12ª posição. Em quarto está Ramirez que, depois do segundo lugar de hoje está a 47 pontos do italiano.

O pódio de Moto3 em Sachsenring (da esquerda para a direita: Ramirez, Dalla Porta e Canet)

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Newsletter
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png