Moto3, Assen: Vitória de Arbolino

Por a 30 Junho 2019 18:01

Quem saiu na pole position foi Niccolò Antonelli, que acabaria por ficar para trás na segunda metade da corrida. Apesar de ter arrancado bem não estava sozinho na luta pela liderança. Arbolino conseguiu manter a posição mas  Suzuki não deu hipótese, subindo à segunda posição, logo na curva dois. Kaito Toba estava em quarto, ultrapassando pouco depois Arbolino antes da primeira passagem pela chicane. Começava aí a luta entre Toba, Arbolino, Antonelli e Suzuki. Subindo pouco depois à liderança da corrida, Toba parecia ter o melhor ritmo. O japonês estava muito forte na travagem na primeira curva, sem dar hipótese aos que seguiam atrás de si.

O arranque em Assen com Antonelli a liderar na primeira curva

Romano Fenati, que também conseguiu um bom arranque, juntou-se à frente da corrida. Com o italiano a ficar cada vez mais forte, principalmente, no último setor, não tardou até se colocar no comado. A disputa envolvia cada vez mais pilotos, nomeadamente Dalla Porta, que começava a pressionar. Por esta altura era Arbolino que estava na frente, com Fenati em segundo.

Os vários toques entre pilotos adivinhavam algumas quedas que não tardaram a surgir. A primeira foi na curva cinco, com Tom Booth-Amos a ir à gravilha. Nesta altura, Antonelli começava a perder posições depois de ter saído fora de pista. Cada vez melhor estava Darryn Binder, que surpreendeu ao sair da 25ª posição para estar na frente a meio da prova. Estava então a discutir  a liderança com Arbolino e Toba . O japonês, cada mais forte, estava frequentemente, na frente da corrida. Depois de um erro, desceu a oitavo, mas nem assim desistiu.

A corrida ficou marcada por um elevado número de quedas, incluindo o próprio Toba que viria a cair a seis voltas do final, num incidente que envolveu também Suzuki, Vietti e Fernandez. O japonês já tinha ido à gravilha em Barcelona, quando estava na liderança, mesmo na última volta. Pouca sorte teve também Jaume Masia, que voltou a ficar pelo caminho, deitando a perder as suas hipóteses de lutar pelo campeonato.

Quem também acabaria por cair seria Darryn Binder, entregando a luta pelo pódio a Arbolino, Dalla Porta e Kornfeil.

Depois do azar na corrida anterior, Arbolino veio a Assen para se redimir e não desistiu até cruzar a meta em primeiro. Tinha conseguido qualificar-se na linha da frente, em terceiro, mostrando um ritmo forte na sessão de aquecimento. Manteve-se na discussão dos primeiros lugares durante a corrida e no final viu-se isolado na frente com Dalla Porta. Arbolino pressionou o seu compatriota até ao último setor, onde acabaria por fazer a derradeira ultrapassagem.

Kornfeil conseguiu segurar a terceira posição, depois de ser penalizado por exceder os limites da pista. Teve de fazer uma volta mais longa mas tinha tudo controlado. Como seguia na liderança, esperou que o gap para o grupo de trás aumentasse para cumprir o castigo. A estratégia parece ter resultado pois desceu apenas duas posições.

Apesar de ainda não ter conseguido a tão desejada vitória, Dalla Porta arrecadou pontos importantes para o campeonato. Também encurtou a desvantagem que tinha para Canet para ficar a apenas sete pontos da liderança, visto que o espanhol terminou na 12ª posição.

O piloto espanhol não discutiu os primeiros lugares em Assen mas mantém-se na liderança do campeonato

Apesar de ter ficado para trás na segunda metade da corrida, Antonelli terminou na oitava posição, somando ainda alguns pontos para o campeonato. Esta na terceira posição, a 24 pontos de Canet. Mais perto está agora Arbolino, que salta para a quarta posição, a 31 pontos do espanhol.

Apesar de estarmos já na oitava ronda, o campeonato está totalmente em aberto. Dalla Porta esteve, uma vez mais, muito próximo da vitória, mas ainda não foi desta. Haverão, certamente, muitas mais oportunidades para o italiano, que se mostra cada vez mais forte e motivado para lutar pelo título.

Termina assim a série de diferentes pilotos a vencer este ano. Eram já sete aqueles que subiram ao lugar mais alto do pódio esta temporada, com Arbolino a fechar a extensa lista no Grande Prémio da Holanda.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Newsletter
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x