Moto3: A maré de vencedores em Moto3

Por a 26 Junho 2019 18:24

São sete os nomes que constam na lista de vencedores deste ano na categoria de Moto3. O mais curioso é que, até agora, tivemos sete corridas. O campeonato está mais renhido do que nunca e com um vencedor diferente por cada corrida, será difícil alterar a situação.

Por enquanto, é Aron Canet que mantém a liderança. No entanto, com as corridas entusiasmantes que temos tido ultimamente, o comando do campeonato pode mudar num abrir e fechar de olhos. O espanhol já pisou o pódio por três vezes esta temporada e, para garantir o seu lugar na frente, não se poderá afastar muito dos primeiro lugares em Assen.

A vantagem para o segundo classificado, Lorenzo Dalla Porta, não é ainda muito confortável. Dito isto, a sua tarefa de segurar o primeiro lugar não estará de todo facilitada este fim-de-semana. Por um lado, o espanhol terá de atacar para evitar que o italiano ganhe a corrida e diminua significativamente a desvantagem que tem; por outro, também terá de defender a sua posição, sem arriscar demasiado. Isto porque, colocando um cenário extremo em que o espanhol caísse e o italiano vencesse a corrida Canet perderia imediatamente a liderança.

Já Dalla Porta tem tido algum azar, que o impediu de estar mais próximo de Canet. Até agora, tal como o espanhol, soma três pódios. No entanto, o facto de não ter conseguido terminar a última corrida, devido a um problema mecânico, fez com que perdesse terreno e aumentasse a desvantagem na classificação geral.

Estamos ainda na primeira metade da temporada e, por isso mesmo, o italiano deverá chegar a Assen motivado para lutar pelo campeonato. Porém, terá de ter outros pilotos em atenção.

De facto, são muitos aqueles que já subiram ao pódio este ano, quer tenha sido por uma vitória ou não. Dalla Porta foi um dos pilotos que andou muito perto de a conseguir mas terá de esperar pela “catedral da velocidade” para tentar de novo a sua sorte.

Este é o nome pelo qual é conhecido o circuito de Assen, que tem por hábito proporcionar verdadeiros espectáculos nas várias categorias. Este ano não deverá ser diferente e teremos vários pilotos que irão certamente tentar entrar nessa batalha.

Niccolò Antonelli está em terceiro no campeonato, com 75 pontos, logo atrás de Dalla Porta, apenas com cinco pontos de diferença. O italiano faz parte da lista de pilotos que já venceu esta temporada e, estando tão perto da segunda posição não quererá ficar muito para trás na corrida.

Sorrateiramente, foi surgindo também Celestino Vietti. Apesar de ainda não ter vencido, o jovem piloto de apenas 18 anos já esteve duas vezes no pódio este ano. Tem conseguido atrapalhar aqueles que lutam pelas primeiras posições e, estando em quarto na classificação geral, a sete pontos de Antonelli, não irá desperdiçar a oportunidade de repetir os bons resultados.

Quem também se mantém na luta é Jaume Masia. O piloto espanhol tem tido algum azar no que diz respeito a quedas mas já venceu este ano. A uns escassos três pontos de Vietti e pois de ter caído na corrida anterior, a luta pelo lugar mais alto do pódio estará certamente nos planos de Masia.

Quanto à lista de vencedores não ficamos por aqui. Kaito Toba venceu logo no Qatar e esteve muito perto de repetir o feito na Catalunha, o que acabou por não acontecer depois de cair na última volta. John McPhee também já ascendeu ao primeiro lugar, desta feita em LeMans, e na última corrida esteve também muito próximo de ir ao pódio. Marcos Ramirez conseguiu a sua primeira vitória na última corrida e Tony Arbolino já o tinha feito em Mugello.

Com uma classe de Moto3 cada vez mais competitiva, irá Dalla Porta quebrar o enguiço e conseguir, finalmente, a sua tão desejada vitória? Caso isso aconteça, a desvantagem para Canet irá diminuir e passaremos a ter oito vencedores em oito corridas diferentes.

 

 

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Newsletter
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png