Ensaio YAMAHA YZF R1 M de 2018 – PERFORMANCE MAIS FÁCIL DE OBTER

Por a 5 Fevereiro 2018 12:37

A convite da Yamaha Portugal fomos na passada 6a feira até ao Autódromo Internacional de Portimão para rodar em pista na nova Yamaha YZF R1 M de 2018.

Esperava-nos uma comitiva top liderada pelo Director da Yamaha, Luís Figueiredo, acompanhado por elementos do seu staff e dois pilotos de renome, Rui Reigoto e Miguel Praia.

A jornada iniciou-se com um briefing que resumiu as características da nova YZF R1 de 2018, e a evolução em relação ao ano anterior assim como as diferenças entre a versão normal e a versão M.  Foi nesta última que tivemos a oportunidade de rodar, durante cerca de 1 hora, testando as diferentes afinações de alguns dos modos electrónicos possíveis.

A versão R1 M que nos aguardava em pista  monta suspensões Ohlins e como extra um escape Akrapovic racing. A concretização das diferentes afinações electrónicas possíveis, tal como nos foi apresentado, é agora muito mais simples, pois em vez de termos que estar a ajustar parâmetro a parâmetro, tarefa complexa e morosa, agora apenas temos que definir o que pretendemos fazer com a moto no painel de informação e automaticamente se ajustam todos os parâmetros para o efeito, controle de tracção, ABS, modo de motor, controle de cavalinhos…

O sistema de “quick shift” funciona agora nas duas direções e as reduções são obrigatoriamente realizadas com o acelerador fechado. As suspensões Ohlins funcionam na perfeição e conferem uma enorme precisão em curva, nas travagens e em aceleração à saída das mesmas. Se existe circuito que coloca à prova todas as capacidades dinâmicas e electrónicas de uma moto é sem dúvida alguma o de Portimão.

A nova função de controle de “Lift”, que a Yamaha apelida de “LIF”, é agora mais progressiva e permite controlar o levantar da roda dianteira de forma muito mais natural, realidade que a R1M com o seu motor “crossplane” faz questão de afirmar em qualquer das mudanças, nomeadamente em 5a na recta da meta, onde quase não era necessário meter a 6a velocidade, dada a relação certamente mais comprida  montada de origem.

Pudemos rodar também com os novos pneus R11 da Bridgestone, pneus com uma nova carcaça e estrutura reforçadas,  específica para a competição, que revelaram um comportamento excelente em pista.

Esta semana poderão ainda ler o ensaio completo sobre esta fantástica experiência com a YZF R1 M no exigente Circuito de Portimão.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MOTO+
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png