Ensaio Triumph Street Twin 2019 – Clássica Contemporânea

Por a 27 Novembro 2018 18:20

Depois do ensaio realizado da Triumph Street Scrambler e com a excelente impressão que a mesma nos causou, a Street Twin à partida tinha uma referência de peso tirada pela sua irmã mais “ aventureira “. Ao passarmos da versão Scrambler para a Twin tivemos que abstrair-nos da experiência anterior e sermos o mais isentos e objectivos possível. A Triumph Street Twin é uma moto compacta, mais baixa e de guiador mais estreito, com uma posição de condução direita mas obviamente mais pendurada sobre a frente que a Scrambler que tínhamos ensaiado minutos antes.

A Street Twin beneficia também de todos os melhoramentos que foram introduzidos na mecânica e na ciclística para 2019. O seu motor bicilíndrico vê a sua potência aumentada em 10PS e atinge agora os 65PS de potência máxima ou seja mais 18% que o seu anterior modelo. Também o limite de rotação subiu 500 rpm e o redline está agora às 7.500 rpm. O binário mantém-se nos 80Nm desde baixa rotação, às 3.500 rpm,  o que confere uma agradável sensação de potência e de subida rápida de regime ao rodarmos o punho e que é  acompanhada pela característica sonorização das duas ponteiras de escape da Triumph Street Twin. No motor para desenvolver mais potência e rotação foi montada uma cambota mais leve e uma nova árvore de cames. A embraiagem é agora também mais leve no seu acionamento o que favorece o conforto sobretudo em cidade no pára-arranca.

Também a sua ciclística sofreu evolução, com a suspensão dianteira a montar uma nova cartridge ( cartucho ) interior e a tornar a moto mais confortável, realidade que é complementada por um assento com mais volume no seu interior, a tornar possível fazer tiradas de mais Kms com maior conforto.

Outro melhoramento importante foi a adopção de uma pinça Brembo de 4 pistons no travão de disco dianteiro, tornando a travagem muito mais efectiva e o tacto na manete muito mais sensível. A pinça Nissin flutuante atrás mantém-se mas a travagem é agora, e em qualquer circunstância, muito mais efectiva e segura. A Twin inclui ainda sistema ABS às duas rodas e Controle de Tração, ambos passíveis de serem desligados.

Do ponto de vista tecnológico a Triumph Street Twin mantém o acelerador “Ride by Wire” mas agora acrescenta dois modos de motor, Road e Rain, muito útil para quem não se inibe de utilizar a moto como meio privilegiado de mobilidade em dias de inverno, de frio e chuva.

A Triumph Street Twin inclui pormenores que denotam a sua exclusividade como seja o Sistema de Monitoramento da Pressão dos Pneus ( TPMS ) embora seja um opcional e  os punhos aquecidos, estes trazem pré instalação  e  nos modelos testados com matrícula inglesa, estava montado o sistema, realidade que muito nos agradou devido ao frio que sentiu durante todo o dia.

O estilo da moto é decididamente clássico contemporâneo e beneficia de melhoramentos estéticos e técnicos numa perfeita combinação de uma imagem vintage com tecnologia actual. As jantes de alumínio com pormenores maquinados são de belo efeito e todos os acabamentos evidenciam detalhes de requinte e de exclusividade.

A rodar, a Street Twin tem um comportamento neutro, demonstrando agilidade e facilidade na sua condução. A suspensão evoluiu no seu desempenho graças ao melhoramento do seu interior e a um curso de 120mm que contribuiu para um maior conforto geral da moto.

Os acabamentos em preto dos elementos do motor conferem um aspecto mais desportivo à Street Twin. As ponteiras de escape em aço escovado e colocadas numa posição elevada dão também um toque de moto desportiva clássica. O depósito de combustível tem um desenho simples e clássico em gota e tem a capacidade de 12 litros , tal como o da Scrambler.

A Street Twin monta rodas de 18” à frente e 17″ atrás, com pneus Pirelli Phantom que mostraram não estar muito á vontade em piso molhado. Nesse aspecto gostámos mais do comportamento da Street Scrambler e do grip em molhado demonstrado pelos pneus de piso misto da Metzeler que monta de origem.

Sendo uma moto clássica e o modelo de base da Triumph nesse segmento, é uma das motos obviamente mais cobiçadas por todos os preparadores para serem personalizadas. Reconhecendo todo esse potencial a Triumph disponibiliza um catálogo de mais de 140 peças em opção para se poder personalizar a gosto a sua Street Twin.

Para além de um sem fim de complementos da marca que podem ser adquiridos separadamente a Triumph propõe também dois Kits especiais:

– o URBAN Ride Kit, que inclui assento em tom castanho, placa de cárter preta, kit para remoção do guarda-lamas, tampa do óleo maquinada e com acabamento preto, tampas pretas dos coletores, mala lateral em lona encerada em preto e piscas de LED.

– E o CAFÉ Custom Kit que propõe um estilo mais urbano e moderno de uma Café Racer e inclui amortecedor traseiro da FOX, ponteiras de escape da Vance and Hines, kit de supressão do guarda-lamas traseiro, pisca de LED, tampa do óleo e tampas dos coletores em preto.

 

A Triumph Street Twin vai estar disponível a partir do ano que vem nas cores:

Ficha Técnica

Especificações Triumph Street Twin
Tipo de motor Arrefecimento líquido, 8 válvulas, SOHC, ângulo de 270°
Capacidade 900cc
Diâmetro/Curso 84,6 x 80 mm
Taxa de Compressão 11:1
Potência Máxima 65PS / 64 BHP (48 kW) @ 7.500 rpm
Binário Máximo 80 Nm @ 3.800 rpm
Sistema de combustível Injeção eletrónica de combustível sequencial multipontos
Escapamento Sistema de escape 2 em 2 com silenciadores acbamento escovado
Transmissão final Corrente O ring
Embraiagem Embraiagem auxiliar húmida, multidiscos, acionada por cabo
Caixa Velocidades 5 velocidades
Quadro Berço de aço tubular
Braço oscilante Bilateral, aço tubular
Roda Dianteira Liga de alumínio fundido, vários raios, 18 x 2,75”
Roda Traseira Liga de alumínio fundido, vários raios, 17 x 4,25”
Pneu Dianteiro 100/90-18
Pneu Traseiro 150/70 R17
Suspensão Dianteira Telescópica com cartucho KYB 41mm, curso de 120mm
Suspensão Traseira Amortecedores duplos KYB com pré-carga ajustável, curso de 120mm
Travão Dianteiro Disco único 310mm, pinça fixa de 4 pistões Brembo, ABS
Travão Traseiro Disco único 255mm, pinça flutuante de 2 pistões Nissin, ABS
Comprimento 2.090 mm
Largura (guiador) 785 mm
Altura s/ Espelhos 1.114 mm
Altura do Assento 760 mm
Distância entre Eixos 1.415 mm
Rake 25,1 º
Trilha 102,4 mm
Peso a Seco 198 Kg
Capacidade do Depósito Combustível 12 L
Instrumentos Conjunto de instrumentos multifuncionais de LCD com velocímetro analógico, odômetro, indicador de velocidade, indicador do combustível, indicador de distância até acabar o combustível, indicador de serviço, relógio, Kms parciais, exibição de consumo de combustível atual e médio, exibição do status do controle de tração, e TPMS e punhos aquecidos, controladas por um botão montado no pounho esquerdo
Consumo de Combustível 3,9/100km (72,4 MPG)
Emissões de CO2

Preço Base

89,0 g/km        

9.200 euros

 

Concorrência

Moto Guzzi V9 Roamer     850cc / 55 CV / 199 Kg / 9.990 euros

 

Galeria de Imagens

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MOTO+
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png