Ensaio Aprilia Dorsoduro 900 de 2018 – Uma “Maximotard” de bom temperamento

Por a 4 Abril 2018 16:25

A designação “Dorsoduro” que a Aprilia escolheu para o seu modelo faz-nos imediatamente pensar numa moto de temperamento indomável, rebelde e algo perigosa, que nos desafia o tempo todo pelo seu comportamento agressivo. Essa era a perspectiva que carregávamos connosco quando nos deslocámos à Oficcina Moto, em Marvila, espaço brilhantemente decorado, onde Aprilias, Guzzis e Vespas nos transportam para uma outra dimensão, carregada de nostalgia e história das motos italianas.

Após um rápido briefing sobre algumas das suas “funcionalidades” arrancamos para o primeiro contacto com a belíssima Dorsoduro. O seu estilo e estética mantêm-se práticamente inalterados desde que a Aprilia lançou a Dorsoduro em 2007, estética que na nossa opinião é realmente um atributo de personalidade marcante deste modelo e que a Aprilia soube manter durante uma década, apenas com pequenos toques subliminares .

Primeiro contacto

A primeira sensação quando arrancamos é de controle total e ao contrário do que esperávamos a Dorsoduro revela-nos uma enorme progressividade e suavidade na sua condução, com um binário extraordinário a baixa e média rotação que tornam a experiência de enfrentar o transito urbano num verdadeiro prazer.

A posição de condução não é demasiado agressiva, nem chegada à frente como numa verdadeira “supermotard”, mais bem confortável e natural, onde o banco nos pareceu também bastante ergonómico e estreito na frente, a permitir inclusivamente chegar com os pés ao chão com facilidade. O fluir pelo meio do transito era facilitado pela posição alta dos punhos que permitiam passar por cima dos retrovisores dos automóveis e foi com enorme agilidade e rapidez que cruzámos a cidade de Lisboa de uma ponta à outra.

A leitura do painel TFT de informação era perfeita, com enorme contraste e com toda a informação disponível ao toque de um botão no punho esquerdo. Apenas sentimos falta do indicador de nível de combustível que, inexplicavelmente, a Aprilia não inclui.

 

O novo Motor é a alma da Dorsoduro

Em relação ao modelo anterior da Dorsoduro a nova versão 900 de 2018 inclui agora um motor bicilíndrico de 891cc com cerca de 95CV de potência e Ride by Wire, o mesmo da RV4, com 3 modos de motor, Sport, Touring e Rain. O novo motor 900 tem como principal atributo o forte binário que desenvolve nas baixas e médias rotações, proporcionando uma aceleração vigorosa mas progressiva, transmitindo uma enorme sensação de segurança e controle.

Um motor que nos agradou muito no seu desempenho, redondo e com potência sempre disponível desde baixas rotações e que contribui definitivamente para a agradável sensação de facilidade e conforto na sua pilotagem.

Usámos quase sempre o modo Touring em cidade e passámos depois para Sport a partir do momento que nos sentimos familiarizados com a Dorsoduro. Em auto-estrada e em velocidades superiores a 150 Kmh a proteção é relativa e aos 180 Kmh sentimos a direção a ficar algo “solta” o que nos fez pensar que um amortecedor de direção talvez pudesse resolver este problema. A Dorsoduro passa os 200 Kmh com facilidade, mas digamos que rodar a essa velocidade não será a sua “praia”, até porque é proibído.

Gostámos do tacto da embraiagem e da precisão da caixa de velocidades, que é no entanto algo dura e encontrar às vezes o ponto morto requer alguma sensibilidade e habituação. O acelerador com sistema Ride-by-wire pareceu-nos algo impreciso em algumas fases da aceleração, sobretudo a um nível de rotação mais baixo em modo Rain.

Os travões estão ao nível do desempenho da Dorsoduro, com uma mordida forte e precisa, controlável a permitir travar vigorosamente sem grande intrusão do ABS que pode ser inclusivamente desligado. O controle de tração inclui também 3 níveis diferentes, de resto a electrónica é algo básica no entanto suficiente para o tipo de moto e condução que proporciona a Dorsoduro.

As suspensões semi-ajustáveis da Dorsoduro são também outro dos seus pontos fortes, e inclui suspensões Kayaba invertidas de 41mm na dianteira e amortecedor Sachs na traseira, ambas reguláveis em tudo menos no hidraulico em compressão. Se considerarmos as irregularidades e o mau piso que habitualmente nos proporcionam as estradas portuguesas, as suspensões da Dorsoduro parecem ter sido directamente pensadas para as mesmas, proporcionando uma leitura perfeita e uma superação irrepreensível de todo tipo de imperfeições. Julgo até que algo brandas no seu setup original e certamente a necessitarem algum ajuste no amortecedor traseiro para uma pilotagem mais agressiva. No entanto para o dia a dia um compromisso que contemple dotar a Dorsoduro de maior conforto é sempre bem vindo, realidade que neste caso foi um dos atributos que mais nos surpreendeu.

A condução da Dorsoduro é entusiasmante, constantemente a passar-nos uma agradável sensação de liberdade, sensação que normalmente se sente no todo-o terreno. A condução, pouco a pouco, começa a parecer-se à de um misto de “enduro urbano”, onde todos os obstáculos são superados com enorme facilidade, combinando com uma postura às vezes mais desportiva no asfalto, onde o atrativo é o de podermos atacar as curvas como se de uma R se tratasse.

A Dorsoduro não é, na nossa perspectiva, uma “supermotard” pura, embora invoque obviamente o estilo, e situa-se talvez mais entre uma Hypermotard 939 da Ducati e uma MT-09 da Yamaha ou mesmo uma Z900 da Kawasaki.

O trabalho desenvolvido pelos engenheiros da Reparto Corse da Aprilia no bicilíndrico da Dorsoduro é de facto de assinalar pois conseguiram domar a habitual potência bruta de um motor de 2 cilindros a 90º e dotá-lo de uma enorme progressividade que, com a introdução da nova electrónica, transformam por completo o comportamento e a pilotagem da Dorsoduro 900.

A capacidade de apenas 12 litros do depósito de combustível poderá no entanto limitar o regime da sua utilização e autonomia já que o consumo se situa entre os 6 e os 7 litros de gasolina aos 100. De qualquer forma as paragens de 200 em 200 Kms serão certamente bem vindas e uma oportunidade para relaxar e apreciar a paisagem, sempre que entendermos realizar viagens de fim de semana com a Dorsoduro. Pela sua facilidade de condução, agilidade e sensações proporcionadas pelo seu fantástico motor, a Dorsoduro é sobretudo uma princesa urbana com ciclística capaz de se bater com as melhores desportivas em percursos sinuosos de serra… os habitués do Cabo da Roca ao domingo que o digam.

A Aprilia Dorsoduro 900 face às suas concorrentes italianas, quer da Ducati quer da MV Agusta, tanto pelas suas características e desempenho como pelo seu preço base, é uma opção muito séria a considerar.

 Ficha Técnica Aprilia Dorsoduro 900

Motor                                    Bicilíndrico em V a 90º, com refrigeração líquida, 4 válvulas por cilindro, à cabeça, Acelerador Ride By Wire e 3 modos de motor (Sport, Touring e Rain).

Cilindrada                         896,1 cc

Potência máxima        95,2 / 70 CV às 8750 rpm

Binário máximo          90Nm às 6.500 rpm

Taxa Compressão       11:1

Ignição                                Electrónica Digital

Lubrificação                  Cárter humido

Escape                                 2 em 1 com 2 ponteiras

Caixa                                    6 velocidades

Embraiagem                 Multidisco em banho de óleo acionamento hidraulico

Transmissão                 38/71 por corrente

Quadro                             Em treliça de tubos de aço

Susp. Dianteira           Forquilha Invertida de 41mm regulável em extensão

e pré-carga das molas. Curso de 160mm

Susp. Traseira             Braço oscilante em liga de alumínio e amortecedor hidraulico regulável em extensão e pré-carga da mola. Curso de 160mm

Travão dianteiro      Disco flutuante com 320mm de diâmetro. Pinça Brembo radial com 4 êmbolos. ABS de 2 canais

Travão traseiro            Disco de 240mm de diâmetro. Pinça um êmbolo. ABS de 2 canais

Roda dianteira           3,50 X 17″ e

Pneu dianteiro            120/70 – 17

Roda traseira              6,00 X 17″

Pneu traseiro              180/55 – 17

Depósito                         12 Litros

Peso                                     n.d.

Dimensões

Comprimento             2.185 mm

Dist. entre eixos        1.515 mm

Altura max.                  1.185 mm

Altura banco                  870 mm

Avanço                                108 mm

Angulo de direção        26°

PVP Base                            10.455 euros

 

Concorrência

Ducati Hypermotard 939 / 937cc / 114 CV / 204 Kg / 12.895 euros

MV Agusta Rivale 800  / 798 cc / 125 CV / 178 Kg / 13.490 eur

 

Galeria de Imagens

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MOTO+
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png

Facebook

Instagram

Follow Me on Instagram
  • https://www.motosport.com.pt/motocross/supercross/arenacross-uk-hugo-basaula-quarto-birmingham/

    motosport_oficial: "https://www.motosport.com.pt/motocross/supercross/arenacross-uk-hugo-basaula-quarto-birmingham/"
    111
    5
  • Matthias Walkner vence Dakar2018 em KTM - leia no site www.motosport.com.pt #walkner#matthias#matthiaswalkner#ktm#ktmracing#dakar#dakar2018#redbull#motosport#motosport_oficial

    motosport_oficial: "Matthias Walkner vence Dakar2018 em KTM - leia no site www.motosport.com.pt #walkner#matthias#matthiaswalkner#ktm#ktmracing#dakar#dakar2018#redbull#motosport#motosport_oficial"
    81
    0
  • Eli Tomac vence 1o Triple Crown (AMA Supercross) Leia no site www.motosport.com.pt #elitomac#tomac#ama#amasupercross#triplecrown#anaheim#kawasaki#motosport#motosport_oficial

    motosport_oficial: "Eli Tomac vence 1o Triple Crown (AMA Supercross)
Leia no site www.motosport.com.pt #elitomac#tomac#ama#amasupercross#triplecrown#anaheim#kawasaki#motosport#motosport_oficial"
    76
    1
  • Yamaha apresenta nova M1 de MotoGP na próxima 4a feira - leia no site www.motosport.com.pt #yamaha#yamaharacing#yamahamotogp#yamaham1#yamaha 2018#motogp2018#motogp#vakentinorossi#rossi#maverickvinales#vinales#motosport#motosport_oficial

    motosport_oficial: "Yamaha apresenta nova M1 de MotoGP na próxima 4a feira - leia no site www.motosport.com.pt #yamaha#yamaharacing#yamahamotogp#yamaham1#yamaha 2018#motogp2018#motogp#vakentinorossi#rossi#maverickvinales#vinales#motosport#motosport_oficial"
    113
    0
  • Troféu Airoh premeia pilotos mais rápidos em cada prova do Campeonato Nacional Enduro 2018 - leia no site www.motosport.com.pt #airoh#trofeuairoh2018#cnenduro#enduro#motosport#motosport_oficial

    motosport_oficial: "Troféu Airoh premeia pilotos mais rápidos em cada prova do Campeonato Nacional Enduro 2018 - leia no site www.motosport.com.pt #airoh#trofeuairoh2018#cnenduro#enduro#motosport#motosport_oficial"
    20
    0
  • Nexx- uma das unidades da fábrica da Nexx na Anadia, sofreu um incêndio grave, cujas causas não são ainda conhecidas, leia no site www.motosport.com.pt #nexx#incendionexx#motosport_oficial

    motosport_oficial: "Nexx- uma das unidades da fábrica da Nexx na Anadia, sofreu um incêndio grave, cujas causas não são ainda conhecidas, leia no  site www.motosport.com.pt #nexx#incendionexx#motosport_oficial"
    49
    4
  • #Kawasaki #VulcanS #MotoSport

    motosport_oficial: "#Kawasaki #VulcanS #MotoSport"
    75
    1
  • #ValentinoRossi #Yamanha #Silverstone

    motosport_oficial: "#ValentinoRossi #Yamanha #Silverstone"
    77
    1
  • #MiguelOliveira #RedBullKTMAjo #MotoSport

    motosport_oficial: "#MiguelOliveira #RedBullKTMAjo #MotoSport"
    299
    0
  • #Diadosnamorados #Valentinday #motsportportugal #MarcMarquez

    motosport_oficial: "#Diadosnamorados #Valentinday #motsportportugal #MarcMarquez"
    205
    1