MXGP: Clément Desalle e Kawasaki estreiam-se a vencer em 2016

Por a 28 Agosto 2016 17:03

Clément Desalle foi  vencedor do Grande Prémio da Holanda, 16ª ronda e última na Europa da presente época do MXGP. O piloto belga precisou de terminar no segundo lugar a segunda manga realizada  em Assen para garantir a sua primeira vitória e da Kawasaki em 2016.

Desalle liderou a primeira parte da corrida, no entanto viria a sucumbir perante o ataque de Antonio Cairoli. Na parte final da contenda, o piloto da Kawasaki teve ainda de suster as investidas de Glenn Coldenhoff para assim cantar vitória por um magro ponto de vantagem face a Cairoli . Este foi o primeiro triunfo do belga no MXGP em mais de dois anos, o último tinha sido no GP da Alemanha de 2014, em Teuschenthal. Uma vitória importante para um piloto que no início da época esteve debilitado em termos físicos, pois fraturou o braço esquerdo durante a pré-temporada.

Antonio Cairoli foi o vencedor da segunda manga e apesar de ter falhado a vitória no evento holandês aproximou-se do líder do Mundial, Tim Gajser, que pela primeira vez esta época ficou em branco. O piloto esloveno sofreu uma queda numa fase em que rodava no terceiro lugar, o que ditou o seu abandono. Numa fase em que faltam disputar dois Grandes Prémios, os dois pilotos estão separados por 65 pontos, pelo que a luta pelo título ainda está em aberto.

Glenn Coldenhoff terminou em terceiro o seu Grande Prémio, a mesma posição em que fechou a segunda manga. O piloto da KTM, que esteve muito consistente durante o fim de semana, ascendeu ao terceiro posto após aproveitar uma queda de Jeremy Van Horebeek na parte final da corrida.  Devido a este infortúnio, o piloto belga não foi além do sexto posto. Nota ainda para o fim de semana discreto do campeão do Mundo, Romain Febvre, que nesta segunda manga foi quinto e nunca demonstrou condições para lutar pelas posições do pódio. Na classificação final do Grande Prémio, Febvre foi apenas nono. Quanto ao vencedor da primeira manga, Shaun Simpson, foi 16º, numa manga onde se debateu com problemas.

Já Rui Gonçalves depois do excelente sétimo lugar na primeira manga – a melhor classificação até ao momento em 2016 – desta vez não teve a sorte do seu lado nas areias de Assen. Logo após o arranque o piloto de Vidago envolveu-se num incidente com Gautier Paulin, o que comprometeu a sua corrida, pois caiu para o final da classificação. Gonçalves ainda conseguiu recuperar até ao 19º lugar, fechando a prova holandesa em 14º. Nas contas do campeonato, o piloto luso subiu três posições e é agora 23º.

O MXGP vai agora atravessar o Atlântico para rumar ao Estados Unidos da América, onde serão disputadas as últimas duas rondas do ano. A primeira, o GP das Américas, realiza-se já no próximo fim de semana numa pista montada na Charlotte Motor Speedway.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motocross
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x