Redding: “Foi realmente assustador”

Por a 2 Abril 2016 23:33

Scott Redding não ganhou para o susto este sábado quando o pneu traseiro da sua moto perdeu parte da borracha, rebentando com a parte traseira da carnagem da sua Ducati que bateu com violência nas costas do piloto da Pramac Racing. Tudo aconteceu na quarta sessão de treinos livres para o Grande Prémio da Argentina de MotoGP, quando o piloto inglês entrava na curva 6.

Depois de um inicio de fim de semana difícil, Scott Redding, entrou neste segundo dia disposto a mostrar um bom andamento, contudo o incidente com o pneu acabou por levar à suspensão da sessão de treinos para remover detritos da pista, Redding saiu então na segunda moto quando a sessão recomeçou. Com quatro minutos restantes para o final da sessão, a bandeira vermelha foi novamente mostrada para permitir a Direcção de Corrida e à Michelin examinar o pneu traseiro de Redding antes da qualificação.

Na qualificação Redding não foi além do 14º lugar da grelha para a corrida de domingo.  “Não foi um bom dia para mim desde o início.  O problema com o pneu traseiro foi realmente assustador. Senti alguma vibração, então, algo me bateu nas costas e vi pedaços da moto voar por todo o lado. Pensei que o pneu tinha rebentado e estava preparando para um acidente desagradável. Mas pouco depois, senti que o pneu estava bem e consegui sair da pista sem cair e sinto-me com sorte por estar aqui a falar sobre isso.  Amanhã vai ser uma corrida longa, e vou tentar encontrar consistência, para ver se consigo alcançar um bom resultado “.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png