MotoGP, Teste Sepang Dia 2: Miller e Mir à frente

Por a 8 Fevereiro 2020 10:13

Jack Miller, da Pramac Racing, liderou as sessões às 14:00 locais graças à melhor volta do Teste Oficial de Sepang de MotoGP até agora. O australiano fez um 1:58.641 – mais de meio segundo mais rápido do que no 1º dia – que o coloca 0.09 à frente do segundo classificado, Joan Mir (Suzuki Ecstar), com Franco Morbidelli (Yamaha Petronas SRT) a 0.190 de volta em 3º.

Um sol glorioso saudou novamente os pilotos de MotoGP e depois de passar o Dia 1 na YZR-M1 de 2019, Fabio Quartararo da Yamaha Petronas SRT está na máquina de 2020 pela primeira vez hoje, ele próprio prevendo

Ontem que não seria o mais rápido por ter de aprender a nova moto. O colega de equipa Morbidelli esteve a testar novos desenvolvimentos na versão de 2019, daí a sua ascensão.

Do lado da Yamaha Monster Energy, tanto Maverick Viñales como Valentino Rossi têm três motos cada à disposição, tal como no Dia 1.

A Suzuki Ecstar está a testar novas atualizações aero, com Alex Rins e Joan Mir a terem um novo quadro à disposição para experimentar também. Numa vista de olhos, parece que apenas removeram a cobertura de carbono, mas certamente haverá diferenças por baixo que não podem ser vistas.

Por falar em quadros, o chassis híbrido da KTM Bull KTM parece agora ser o padrão na boxe de fábrica, mas pol Espargaró esteve a experimentar uma segunda versão no Dia 2. Espargaró caiu na Curva 1 durante a manhã, com Iker Lecuona (KTM Red Bull Tech 3) a cair na Curva 9 – ambos pilotos OK.

Os quatro pilotos da KTM estão a usar a especificação de 2020, com o piloto de fábrica Brad Binder a melhorar significativamente o seu tempo desde o dia 1 – um 2:00.519 foi reduzido para um 1:59.780.

Marc Márquez (Honda Repsol) foi um líder madrugador antes de Miller definir o tempo mais rápido da prova, o Australiano completando 33 voltas na primeira metade do Dia 2. Alex Márquez (Honda Repsol) melhorou o seu tempo em três décimas em relação a ontem, atualmente em 16º (+ 1,020) com Cal Crutchlow (Honda LCR Castrol) a fazer muitos testes novamente – o piloto britânico a marcar o seu melhor tempo na Volta 4.

Bradley Smith juntou-se hoje ao companheiro de equipa da Aprilia Gresini, Aleix Espargaró, estando este último em 1:59.224, duas décimas mais rápido do que ontem. Todos os seis fabricantes estavam no Top 10 no ponto do meio-dia do dia 2, com o Top 15 dividido por apenas 0,7 de segundo.

Top 10 (às 14:00 hora local):

  1. Jack Miller (Ducati Pramac) – 1:58.641
  2. Joan Mir (Suzuki Ecstar) + 0.090
  3. Franco Morbidelli (Yamaha Petronas SRT) + 0.190
  4. Maverick Viñales (Yamaha Monster Energy) + 0.252
  5. Alex Rins (Suzuki Ecstar) + 0.337
  6. Pol Espargaró (KTM Red Bull Factory Racing) + 0.348
  7. Marc Márquez (Honda Repsol Team) + 0.456
  8. Valentino Rossi (Yamaha Monster Energy ) + 0.475
  9. Fabio Quartararo (Yamaha Petronas SRT) + 0.516
  10. Aleix Espargaró (Aprilia Gresini) + 0.583

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png