MotoGP, Teste Qatar: O novo Michelin explicado

Por a 23 Fevereiro 2020 14:30

Quase todos os pilotos são unânimes em elogiar o novo Michelin, é como habitual é Piero Taramasso, gerente da Michelin Sport, que explica:

“O novo pneu dá mais aderência, mais tração, e a aderência vem mais depressa, mais cedo, comparado com antes, e fica mais tempo no topo…”

“Por exemplo, usando a mesma mistura de antes, depois de 10 voltas a prestação começava a cair, mas agora pode ficar por 15 ou 16 voltas e quando começa a degradar, fá-lo muito mais devagar… “

“Isto para nós é muito importante, para um fabricante, fornecer um pneu que oferece muita aderência e tração, mas ao longo de todo o Grande Prémio, é esse o nosso desafio…”

“Agora, já o vemos nos resultados, como vimos com todos os fabricantes no topo, a Yamaha, Honda, Suzuki, Ducati, e isso é bom para nós, porque quer dizer que o pneu está a funcionar para todos, para diferentes marcas e diferentes estilos de pilotagem…”

“Também lhes vai dar mais trabalho, para otimizar as afinações, porque quando fornecemos um pneu com mais aderência na traseira, tem de se mudar um bocado a geometria, reduzir a aderência mecânica, passa-la de trás para a frente,mas eles têm mais tempo para fazer isso.”

“Nestes três dias vamos ficar com muita informação, muitos dados, e decerto o introduziremos já no Qatar e durante a época, menos na Tailândia e Áustria, onde teremos uma construção especial…”

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png