MotoGP, Sepang: Dovizioso mais uma vez filosófico

Por a 10 Fevereiro 2020 16:00

Andrea Dovizioso não parecia muito desanimado com o resultado da Ducati oficial no teste de Sepang, apesar de o ter terminado apenas em 14º com o seu tempo de 1:58,859 que o deixou a 0,510s do mais rápido e pior piloto das duas equipas Ducati de topo, um longo caminho de onde deveria estar o mais consistente rival de Márquez para o título.

O Italiano de Forlimpopoli comentou:

“Melhorámos um bom bocado a afinação e a minha sensação com o novo pneu, o que não foi fácil.”

“Temos mais aderência, isso é um facto, o que normalmente seria melhor, mas obriga-nos a pilotar de uma forma diferente, e isso colocou-nos dificuldades na gestão do pneu…”

“Portanto, algo mais contente, porque no fim acho que fui só eu e o Jack a fazer as nossas melhores voltas no pneu médio, o mais duro dos macios, por isso..”

“Em termos de ritmo de corrida, estamos bem, entre mim e o Danilo (Petrucci) estivemos a testar muita coisa e quando isso acontece, chegamos sempre a conclusões semelhantes e é importante compreender a afinação em termos a distância de corrida, e não em termos de uma volta pontual…”

Porém, ainda há coisas que temos de entender depois destes três dias…”

“Em termos do começo do Campeonato, vi o Maverick (Viñales) fazer a melhor simulação longa, o Rins parece muito, muito forte, e há vários outros, mas quando juntamos várias voltas, há poucos pilotos mesmo, mesmo rápidos, portanto, ao todo, satisfeito, mas de certeza que temos de melhorar mais!”

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png