MotoGP: Quatro motos GP20 dão concorrência mais justa, diz a Ducati

Por a 15 Agosto 2019 16:30

A Ducati fornecerá pela primeira vez quatro motos de fábrica na história da MotoGP, que o diretor desportivo Paolo Ciabatti espera irão promover a competição entre os seus pilotos, ao lado de um desenvolvimento acelerado.

Com o futuro de Jack Miller na Ducati Pramac finalmente anunciado, após uma demora na assinatura do contrato, o fabricante italiano confirmou que o piloto australiano irá disputar a temporada 2020 com uma Desmosedici GP20.

Isso dá a Miller a mesma especificação da dupla de fábrica Andrea Dovizioso e Danilo Petrucci, além de seu companheiro de equipa, Francesco Bagnaia, que já assegurara a subida para uma moto oficial como parte de seu contrato atual.

A confirmação expande o esforço de motos de fábrica da Ducati para quatro máquinas, tendo fornecido apenas uma moto de especificação mais recente à Pramac desde 2017.

“Estamos muito contentes por termos chegado a um acordo com a Pramac Racing que permitirá à nossa equipa apoiada pela fábrica lançar as motos Desmosedici GP 20 para dar a Jack e a Pecco no próximo ano”, afirmou Ciabatti. “Será a primeira vez que a Ducati terá quatro motos idênticas no MotoGP, duas para a Ducati Team e duas para a Pramac Racing.

“Esse esforço excecional ajudará a recolher e compartilhar mais informações e melhorar o processo de desenvolvimento, com o objetivo de obter resultados ainda melhores e estimular uma concorrência justa e positiva entre os nossos pilotos.”

À medida que as negociações do contrato de Miller terminaram, após os rumores que ligaram Jorge Lorenzo a um dramático retorno à Ducati na Pramac, Ciabatti anunciou o “progresso contínuo” do Australiano como previa o acordo.

“Estamos muito satisfeitos por Jack continuar connosco no ano que vem, porque ele tem mostrado um progresso contínuo desde que se juntou a nós em 2018 e quero agradecer à Pramac Racing pelo seu compromisso contínuo com a Ducati”, disse ele.

O acordo da Miller com a Ducati Pramac deixa apenas dois lugares na grelha de 2020 ainda por preencher oficialmente: a KTM Red Bull de Johann Zarco e a Honda LCR de Takaaki Nakagami – onde se espera que este último venha a assinar novamente nas próximas semanas.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png