MotoGP: Quartararo mantém objetivo

Por a 27 Junho 2019 13:30

Fabio Quartararo insiste que não vai muda a sua abordagem, nem ajustar o seu objetivo para além de ser o melhor rookie de 2019, apesar do pódio de estreia em Barcelona.

O segundo lugar do piloto da Yamaha Petronas (e segunda pole da temporada) significa que agora ele tem mais que o dobro dos pontos do próximo melhor estreante, Joan Mir (Suzuki). Mas Quartararo também está a apenas dois pontos de Jack Miller (Ducati Pramac), sexto na classificação geral e entre os melhores das equipas satélite, que era o alvo esperado do seu companheiro de equipa mais experiente, Franco Morbidelli.

“Vamos para Assen motivados, após o grande resultado de Barcelona, ​​mas temos de manter a calma e continuar a trabalhar como já estivemos”, disse Quartararo, que sofreu a primeira queda em MotoGP na Catalunha, depois de 1402 voltas e 6.871,92 km sem um acidente numa moto de MotoGP.

“Nós sabemos exatamente qual é o nosso objetivo, que é ser Rookie of the Year, portanto não devemos perder de vista isso e continuar passo a passo.2

“Se continuarmos trabalhando assim, tenho a certeza de que teremos mais sucesso, como a pole e a vitória que obtivemos no GP da Catalunha. Fizemos um teste positivo em Barcelona, ​​logo, vamos para a Holanda entusiasmados com as coisas.”

Para aumentar o seu otimismo antes deste fim-de-semana, Quartararo recuperou ainda mais força desde a cirurgia a que foi submetido antes de Barcelona, e além disso Assen é o único circuito em que terminou no pódio em Moto3 e Moto2.

De facto, o segundo lugar do ano passado na classe intermédia – logo após a sua única vitória em Grandes Prémios em Barcelona – selou efetivamente o lugar este ano no MotoGP.

“Eu recuperei mais da minha operação no antebraço direito. Assen é um circuito de que eu gosto, consegui dois pódios lá, e estou ansioso por um bom fim-de-semana”, disse Quartararo.

Morbidelli também se classificou na primeira fila da última vez, apenas para cair na corrida. No entanto, o italiano, que monta outra M1 de fábrica, regressou ao segundo melhor tempo no teste de segunda-feira, em que Quartararo ficou em quarto.

“Os dois últimos Grandes Prémios terminaram com um mau resultado final, mas com uma boa sensação – especialmente em Barcelona, ​​onde fizemos outro arranque da primeira fila. Além disso, estávamos muito rápidos no teste da semana passada, portanto estamo-nos a sentir bem acerca do GP da Holanda “, disse Morbidelli.

“Espero que as coisas que experimentámos sejam úteis para a corrida de domingo. Assen é um circuito em que normalmente eu ando bem e em 2017 eu venci lá, por isso mal posso esperar para começar. O objetivo principal é completar a corrida com um bom resultado, que nos permita acumular um grande número de pontos importantes para a classificação geral.”

Morbidelli, que venceu em Assen a caminho do título de Moto2 de 2017, está no décimo segundo lugar no campeonato mundial.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x