MotoGP: Primeira de Petrucci, Oliveira 16º depois de andar nos pontos

Por a 2 Junho 2019 13:52

Ação desde o primeiro instante foi a marca da corrida de MotoGP, com Crutchlow a chegar à primeira curva à frente, mas Márquez a assumir o comando logo a seguir. Atrás do Espanhol, apareciam Dovizioso, Petrucci, Miller, Nakagami, Pol Espargaró na KTM, Rins na Suzuki e Quartararo e Morbidelli nas Yamaha da Petronas.

Rossi estava em 15º e Oliveira obviamente tinha tido um bom arranque, pois aparecia por sua vem em 18º, tendo deixado pelo menos 4 pilotos para trás, já que Rabat arrancara do Pit Lane.

Um par de voltas depois, Rins tinha subido para 3º, e Crutchlow perdendo lugares gradualmente, já ia em 6º. Miller foi na direção oposta, subindo para 4º, última de 3 Ducati na frente da corrida atrás de Márquez.

Rossi teve um problema quando Mir foi à gravilha e o levou com ele, e perdeu lugares. De repente, Petrucci estava ao ataque, mergulhando por dentro de Márquez, no que foi seguido pelas outras duas Ducati e Rins, relegando de repente Márquez para 5º.

Mais atrás, Oliveira perdera o ímpeto inicial e já ia atrás de Syahrin em 19º de novo, enquanto Morbidelli caia e Dovizioso se colocava de repente no comando.

Miller atacou Petrucci para segundo ao fim da reta, e Márquez tentava segui-lo para se colocar terceiro, aproveitando alguma instabilidade da Ducati de Miller.

Logo a seguir, o homem mais rápido em pista, Valentino Rossi, caía de 15º na Arrabiata, para desespero da multidão, e Oliveira estava de novo em 18º à frente de Syahrin. Rins tinha passado Márquez para terceiro de novo, e de facto vai passar Petrucci a seguir, seguido pela Honda da Márquez em S. Donato no fim da reta da meta.

Rins está mesmo endiabrado e passa Dovizioso para liderar momentaneamente. Em 5º e 7º, as 2 Ducati da Pramac com o amarelo Lamborghini têm Crutchlow entre si. Estamos a 13 voltas do final e Petrucci passou Dovi para liderar, configurando 5 líderes diferentes antes do meio da corrida.

Nesta fase, Nakagami, Quartararo e Viñales completavam o Top 10 e Pirro veio juntar-se a eles, com Espargaró na KTM a descer para 11º.

Quanto às outras KTM, Zarco estava em 16º fora dos pontos e Miguel de novo em 18º, tendo Syahrin ido à boxe para abandonar. Miller batia o recorde da pista com 1:47.657, só para cair logo a seguir por pisar a linha branca inclinado. O lado bom era que com tudo isto Oliveira estava num 15º pontuável pela primeira vez todo o fim-de-semana!

Petrucci, Márquez e Dovizioso estão à frente e Viñales começa a atacar, a 6 voltas do fim talvez tarde demais para fazer grande diferença, mas pelo menos passa Crutchlow para 6º. A 4 voltas do fim, Dovizioso passa Petrucci pontualmente para liderar de novo, mas é tarde para Márquez o seguir.

Estamos na última volta e Petrucci aguentou todas as investidas de Dovizioso, e mesmo a tentativa desesperada de ultrapassagem de Márquez, que no entanto bate Dovizioso. Rins está colado aos 3, mas é mesmo Petrucci que controla as coisas estreando-se nas vitórias em MotoGP!

Oliveira acabaria em 16º, à frente de Zarco mas fora dos pontos.

3
Deixe um comentário

Please Login to comment
2 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
joaocleobis Recent comment authors
recente antigo mais votado
cleobis
Membro
cleobis

Registei-me apenas para lamentar a forma horrível como está escrito o artigo. Um português desastroso com construções de frase que parecem ser de uma criança do 5º ano, um desastre! A qualidade da escrita, neste site, tem vindo a decair de forma dramática ao longo dos anos. Isso, ou fazem traduções de artigos do Autosport.com no google. Uma pena, o que era este jornal e no que se transformou…

joao
Membro
joao

bem, o Português que hoje se utiliza é pouco mais que desastroso, infiel, pouco digno e etc.

joao
Membro
joao

só não percebo é, tendo o Miguel entre os concorrentes, não aparecer uma única entrevista com conteúdo sobre a sua prestação: razões, como se sente, o que acha, outras …

últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png