MotoGP: Ponto de ebulição em Buriram

Por a 1 Outubro 2019 16:30

A primeira vez que o MotoGP visitou Buriram, a corrida foi um duelo para recordar. Para adicionar um pouco mais aos livros de história do GP da Tailândia pela segunda vez, este ano o Campeonato está em jogo, pois Marc Márquez (Honda Repsol) tem a chance de assegurar já o título número oito. No entanto, quais são as hipóteses? Razoavelmente altas… O atual campeão venceu aqui no ano passado e tem 98 pontos de vantagem, com apenas quatro corridas restantes.

Para resumir a matemática à sua forma mais simples, Márquez precisa de marcar mais dois pontos que Andrea Dovizioso (Ducati) e ter 100 pontos de vantagem quando a bandeira cair no domingo. Quanto a vitórias, ele já tem muitas demais para ser apanhado nessa contagem.

No entanto, vencer corridas e campeonatos é muito mais do que um jogo de números. Não é tarefa fácil derrotar Dovizioso, e Márquez sabe disso melhor do que ninguém. Buriram, em 2018, foi o último duelo curva a curva contra o italiano que Márquez venceu, por isso, se quisermos uma repetição, o número 93 terá que fazer tudo novamente e melhorar as estatísticas na última volta mais uma vez …

Depois, os Grandes Prémios não são apenas sobre a luta pelo título. No ano passado, a Yamaha não ficou muito atrás da dupla líder e Maverick Viñales e Valentino Rossi vão lutar para colocar a Yamaha Monster Energy de novo no pódio.

Danilo Petrucci, companheiro de equipa de Dovizioso, precisa de um resultado. Depois de uma fase difícil nas últimas corridas, Buriram pode ser uma boa pista para o homem da Ducati recuperar, e ele vai querer fazê-lo rapidamente.

É que ele luta pelo terceiro lugar com Alex Rins (Suzuki Ecstar), após a impressionante vitória de Rins em Silverstone, mas o espanhol fracassou desde então nos dias de corrida e ele é outro que precisa de uma boa quantidade de pontos, embora possa ser mais difícil aqui para as máquinas de Hamamatsu. No entanto, ele quer pelo menos tentar levar a luta a Petrucci…

Jack Miller (Pramac) é outro que deseja maximizar o potencial da Ducati em Buriram e aproveitar alguns bons pontos.

Um impressionante terceiro pódio do ano em MotorLand viu-o negar a Viñales a chance de terminar no pódio três vezes seguidas pela primeira vez na classe rainha e, crucialmente, ele também terminou duas posições à frente de Fabio Quartararo (Yamaha Petronas SRT).

O impressionante francês está no topo da luta pelo Rookie do Ano, e também está a lutar por melhor piloto de Equipa Independente, e Miller é o seu principal rival. Quartararo está a apenas seis pontos de distância do Australiano, quando entramos na fase final do Campeonato…

Entretanto, a KTM vai querer usar Buriram para ver Pol Espargaró (KTM Red Bull) de volta, mas também para ganhar um pouco mais à Aprilia no campeonato de fabricantes. Com Pol Espargaró afastado por lesão em Aragón e Aleix Espargaró e Andrea Iannone a impressionar nas Aprilia Gresini, a fábrica de Noale aproximou-se um pouco e será interessante ver como Mika Kallio, substituindo Johann Zarco, se dará na Tailândia, já que ele pretende marcar pontos para a fábrica austríaca também.

No Grande Prêmio PTT da Tailândia parece provável que Márquez antecipe o campeonato, mas o estridente e lotado Chang International Circuit vai dar um bom espetáculo, independentemente desse facto.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x