MotoGP, Oliveira 17º na Grelha: Uns treinos incríveis

Por a 29 Junho 2019 14:20

Assen é uma pista de que Miguel Oliveira gosta muito: além de já ter vencido aqui, todos os grandes pilotos professam esse amor pelo traçado Holandês, pela recompensa psicológica que uma volta rápida ou um sucesso em corrida implicam.

Com os problemas vários sentidos ultimamente por todos os pilotos KTM, obter um bom resultado, no entanto, era uma coisa diferente e a chegada de novas peças de fábrica foi um pau de dois bicos para a KTM e para Miguel Oliveira: Se havia melhorias esperadas, também implicava todo um processo de afinação, já que ao instalar o braço oscilante de carbono mais leve, a principal melhoria que chegou à Tech3 para Assen, se alterava o fino equilíbrio entre a massa das peças suspensas e não suspensas.

Havia portanto muito a experimentar do lado de Miguel na boxe da Tech3, mas desde que o piloto saiu para a pista que se verificou que a maior leveza, além de dar mais aderência à traseira, levava o pneu traseiro a aquecer menos, permitindo poupar borracha, que tem sido justamente uma das dificuldade de Oliveira na fase final das provas.

Na Q1, o piloto português chegou a ser segundo, acabando em sétimo mas com boas hipóteses de um excelente lugar entre os pontos para a corrida de amanhã, de que partirá 17º e da 6ª fila, que além de deixar Zarco atrás de si, não traduz nem de perto o que foi conseguido nestes dois dias…

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png