MotoGP, Valencia: MotoE de volta à ação

Por a 12 Novembro 2019 15:00

Após algumas semanas de espera, a Copa do Mundo Enel MotoE está finalmente de volta à ação em Valencia e ansiosa por correr. A Ronda final da temporada com certeza será outra corrida espetacular e mais crucial do que nunca, pois vai decidir o vencedor da Copa. Quem será? Com 50 pontos ainda em jogo, a lista de candidatos é longa.

O topo da lista e o topo da classificação são ocupados por um homem: Matteo Ferrari (Trentino Gresini MotoE). O italiano tem 72 pontos e tem uma margem confortável sobre os seus perseguidores, com a consistência a coloca-lo na corrida e a dobradinha em Misano a afastá-lo com vantagem. Mas a temporada até agora mostrou que nunca se pode prever o resultado da próxima corrida de MotoE …

Hector Garzo (Tech 3 E-Racing) espera que isso continue a ser verdade em Valencia. O espanhol esteve à velocidade máxima aqui nos testes de pré-temporada e é a sua pista de casa, que ele conhece melhor do que a maioria. 19 pontos pareceriam intransponíveis se tivéssemos apenas uma corrida, mas ainda faltam mais duas, o dobro da oportunidade para o número 4 inverter essa vantagem.

O mesmo vale para Bradley Smith (One Energy Racing), Mike Di Meglio (EG 0,0 Marc VDS) e Xavier Simeon (Avintia Esponsorama), que são os próximos três na classificação. Uma combinação de má sorte e problemas prejudicou os seus totais de pontos de muitas maneiras, mas os três mostraram que têm o ritmo para montar sérios desafios.

Em termos de matemática, na verdade existem 11 pilotos ainda em disputa – com uma diferença de 50 pontos cobrindo todos até Nico Terol (Openbank Angel Nieto) em 12º.

De Niccolo Canepa (LCR E-Team), Jesko Raffin (Dynavolt Intact GP) e Mattia Casadei (SIC58 Squadra Corse) a Sete Gibernau (Join Contract Pons 40), Alex De Angelis (Octo Pramac MotoE) e Nico Terol, a lista de quem ainda poderia potencialmente levar a Copa torna as possibilidades infinitas.

A razão de serem 11 e não 12, no entanto, é que um piloto fica de fora devido a lesão: Niki Tuuli, o pioneiro da temporada. Ele será substituído na Ajo MotoE pelo campeão das SSP de 2017, Lucas Mahias, de modo que será uma adaptação interessante de seguir.

Também existem nomes como o brasileiro vencedor da corrida de teste Eric Granado (Avintia Esponsorama Racing) e Maria Herrera (Openbank Angel Nieto), que deram grandes passos à frente ao longo da temporada. A classificação diz quem tem uma hipótese à coroa, mas não nos diz quem vai lutar na frente.

Isso tem mudado de corrida para corrida e sessão para sessão na MotoE, e Valencia será mais uma surpresa.

Quem será o vencedor da Copa do Mundo Enel MotoE inaugural? Ferrari? Garzo? Ou virá outro nome surpreender tudo e todos mais uma vez?

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x