MotoGP, Motegi: Oliveira motivado e a postos

Por a 17 Outubro 2019 16:30

Depois de uma curta pausa no campeonato do mundo, Miguel Oliveira já está no Japão para enfrentar aquele que será o 16º GP da época 2019, disputado a partir de amanhã de madrugada no circuito de Motegi.

Será a primeira de três provas consecutivas que marca o final da ronda asiática iniciada com o GP da Tailândia.

Depois de duas quedas no arranque do GP de Buriram, Miguel Oliveira acabou por ver o seu fim-de-semana novamente condicionado pelo ombro direito, mas os dias de descanso entre as duas provas ajudaram à recuperação.

A expectativa é, por isso, boa no regresso a um traçado onde, em 2018, foi terceiro classificado aos comandos da KTM com que se sagrou vice-campeão do mundo Moto2.

É um circuito do agrado do piloto português que acredita estar “forte e confiante o suficiente para voltar a lutar por pontos no Japão”, com ele próprio disse:

 “Senti que podia ter feito um pouco mais no GP da Tailândia, mas não foi possível devido ao meu ombro. Depois das duas quedas que sofri na sexta-feira, ficou mesmo tudo um pouco mais complicado. De qualquer das formas, a equipa fez um excelente trabalho e penso que somos fortes e confiantes o suficiente para lutar de novo pelos pontos no Japão”.

A pista nipónica com 4801 metros de perímetro tem 4 retas, 6 curvas para a esquerda e 8 para direita. Caracteriza-se pelas suas curvas rápidas e fortes zonas de travagem e aceleração, que exigem não apenas uma boa afinação da moto mas igualmente um acerto dos pneumáticos que enfrentam um asfalto muito abrasivo.

“É uma pista de que gosto, num país que adoro visitar, e acredito que vá ser um ponto de viragem para nós”, concluiu Miguel Oliveira, que chega a esta ronda na 17.ª posição do campeonato, com 29 pontos.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x