MotoGP: Luta entre marcas ao rubro

Por a 27 Agosto 2019 15:30

O G.P. da Grã-Bretanha tornou-se a sétima vez em 2019 que testemunhámos três fabricantes diferentes no pódio: Termas, Austin, Jerez, Barcelona, ​​Brno, Spielberg e agora Silverstone. Portanto, é justo dizer que isso já é habitual.

No entanto, algo que não estamos tão habituados a ver é seis fabricantes diferentes dentro dos dez primeiros. Suzuki, Honda, Yamaha, Ducati, KTM  e Aprilia estiveram presentes nos dez primeiros em Silverstone pela segunda vez nesta temporada, com a luta entre fábricas a intensificar-se semana após semana.

No Campeonato de Construtores, a Honda lidera o caminho, mas apenas a 45 pontos da Ducati – 33 pontos a menos do que a vantagem de Marc Márquez (Honda Repsol) sobre Andrea Dovizioso (Ducati Team) no Campeonato do Mundo de MotoGP . A Yamaha está atualmente em terceira, com 29 pontos de vantagem sobre a Suzuki.

Mas possivelmente a coisa mais impressionante e encorajadora para o futuro das corridas da classe rainha é que tanto a KTM como a Aprilia já ampliaram o seu total de pontos de 2018. Com apenas doze de dezanove rondas completadas, a KTM está atualmente em quinto, com 76 pontos, quatro a mais do que o ano passado, e a Aprilia está em sexto, com 53 pontos, só seis a menos que em todo o 2018.

O MotoGP está indiscutivelmente o mais competitivo de sempre, com a diferença entre as seis marcas minimizada. Do top 10 da classe rainha mais próximo no Qatar ao quarto melhor resultado na história da categoria rainha em Silverstone, o MotoGP   começou bem e melhorou em 2019. Menos mal que ainda restam sete provas nesta época.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x