MotoGP: KymiRing “é um sonho tornado realidade”

Por a 19 Agosto 2019 14:00

Numa conferência de imprensa no KymiRing com o Presidente da FIM Jorge Viegas, Timo Pohjola (Diretor do Circuito KymiRing), Tapio Nevala (Presidente da Federação Finlandesa de Motociclismo), Aki Ajo da KTM e Carlos Ezpeleta da Dorna Sports, todos elogiaram o circuito finlandês poucas horas depois da realização da primeira acção em pista de MotoGP, com Mika Kallio a tornar-se no primeiro piloto de MotoGP a rodar no KymiRing a bordo da sua KTM RC16.

O Presidente da FIM, Jorge Viegas, começou a Conferência de Imprensa dizendo que era um privilégio estar presente na primeira visita do MotoGP:

“A Finlândia é um dos países com mais tradição no desporto motorizado. Eu tenho estado nesta posição, tenho estado a gerir circuitos no meu país desde há 20 anos atrás, por isso sei como é ter toda a pressão da Dorna e da FIM. Agradeço a todos pelo privilégio de estar aqui pela primeira vez. ”

Em seguida, o presidente da Federação Finlandesa de Motociclismo, Tapio Nevala, descreveu como se sentiu finalmente ao ver a MotoGP em ação no KymiRing e na Finlândia: “É um sonho tornado realidade. É realmente um grande sonho ter motos de MotoGP na Finlândia. É muito importante para nós e para o automobilismo finlandês e para o MotoGP, é claro. ”

Timo Pohjola, Diretor do KymiRing Circuit, descreveu o trabalho duro que foi realizado para garantir que o teste corresse como planeado nos últimos meses: “Continuaremos o trabalho que fizemos, ainda há muito por fazer. Temos um ano para fazer tudo, mas a coisa mais importante, por razões de segurança, é fazer o teste aqui e saber exatamente onde teremos as restrições e assim por diante. Isso é muito importante, mas também para as  equipas. No geral, estou muito feliz. Tem sido uma longa jornada.”

Carlos Ezpeleta, Director Desportivo da Dorna, não precisou a data exata do Grande Prémio da Finlândia de 2020, mas elogiou o trabalho do circuito e da Federação Finlandesa: “Estamos a trabalhar com a FIM para publicar o calendário, é sempre a FIM a lançá-lo primeiro. Acho que nas próximas semanas teremos uma reunião, mas agora é muito cedo para dizer. Será no verão, com certeza, pois não há outra opção. Ainda é cedo para dizer exatamente.”

“Eu visitei o local pela primeira vez com o Franco Uncini há três anos e agora, honestamente, é um ótimo circuito. Tenho que dar os parabéns ao Timo e à Federação Finlandesa pelo trabalho que fizeram, porque é realmente impressionante que tenhamos motos em pista hoje. Os últimos meses têm sido um trabalho árduo, mas devo cumprimentá-los porque o trabalho que realizaram é de alto nível.”

“Estamos muito felizes por ter a Finlândia de volta ao calendário dos Grand Prix porque é um dos países com mais tradição no automobilismo. Os padrões para uma pista de MotoGP agora são muito altos, tanto dentro como fora de pista, com zonas de segurança e com o paddock e assim por diante e o plano é acomodar todos esses critérios. ”

Finalmente, um emocional Aki Ajo explicou o seu prazer em acordar na sua própria casa esta manhã, antes do teste de MotoGP  : “Há anos que venho a sonhar com este tipo de pista e uma corrida de MotoGP na Finlândia. Foi uma sensação especial para mim esta manhã acordar na minha cama em casa antes de um teste de MotoGP e não ser algo que eu tenha feito antes. É muito importante ter a primeira ação aqui e agora é a hora de ver o que eles precisam fazer para finalizar tudo aqui e depois ter grandes corridas no futuro ”.

Assim que a ação das pistas chegar ao fim hoje, todos os seis pilotos de teste do MotoGP  presentes no KymiRing farão parte de uma segunda Conferência de Imprensa para partilhar as suas impressões do novo traçado da MotoGP.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png