MotoGP: Dorna garante pagamento às equipas

Por a 5 Abril 2020 14:30

Os organizadores do MotoGP confirmaram que vão prestar assistência financeira às equipas independentes da classe rainha, bem como às de Moto2 e Moto3.

À medida que a temporada continua à espera para começar, as equipas vão pagar aos seus funcionários, mas têm pouco em termos de rendimento, o que fez com que os chefes de Dorna, com a aprovação da “holding” Bridgepoint, tenham prometido intervir.

“Com o acordo do FIM e o total empenho dos acionistas Bridgepoint Capital e CPP Investments, a Dorna Sports orgulha-se de poder garantir ajuda às Equipas Independentes de Classe MotoGP através deste momento difícil da história da nossa modalidade, bem como de equipas nas classes de Moto2 e Moto3”, refere um comunicado.

“Através da IRTA, Associação Internacional de Equipas de Velocidade, as Equipas Independentes de MotoGP receberão pagamentos antecipados consideráveis durante os meses de Abril, Maio e Junho, independentemente da atividade ser reiniciada ou não.”

“Além disso, a IRTA já evitou pagamentos a todas as equipas de Moto2 e Moto3 para as apoiar neste período difícil. Serão consideradas, a seu devido tempo, novas medidas para as equipas da classe intermédia e ligeira.”

Vale a pena lembrar que a Dorna financia as equipas com os rendimentos dos direitos de TV e bilheteira, a cerca de 2,5 milhões para uma equipa de MotoGP e algo menos que isso para as classes de apoio. Como no caso da MotoGP isto cobre o custo das motos à justa, as equipas necessitam depois de procurar financiamento adicional em forma de patrocínios.

“Como já foi dito, a Dorna Sports está a trabalhar arduamente para tentar garantir que esta crise deixe todos os que estão no Mundial de MotoGP com apenas uma consequência: a da inconveniência um calendário modificado.”

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png