MotoGP, Andaluzia: Dovizioso quer máximo de pontos

Por a 23 Julho 2020 12:30

A equipa de fábrica da Ducati experimentou o início da temporada de MotoGP em Jerez com um misto de emoções. Enquanto Danilo Petrucci lutava para chegar ao 9.º lugar, ficando atrás de Miguel Oliveira na KTM, Andrea Dovizioso festejou o seu primeiro duelo no pódio com um terceiro lugar.

No Circuito de Jerez, no sul de Espanha, não tem havido muito para celebrar para a Ducati ou Andrea Dovizioso no passado, mas no arranque deste ano do Mundial de MotoGP, no passado domingo, Dovi conseguiu o seu primeiro pódio na pista de 4.423 m. Fez uma corrida discreta, mas manteve-se implacável até ao fim e beneficiou dos azares da concorrência.

Como a Dorna teve de redesenhar completamente o calendário do MotoGP por causa das medidas de proteção do Coronavírus, realizando um segundo Grande Prémio em Jerez no próximo fim de semana, o vice-campeão mundial dos últimos três anos quer transformar o que aprendeu numa performance mais forte.

“O resultado do último domingo foi bom e recebemos um feedback valioso. Estamos prontos para a segunda corrida em Jerez e sabemos os aspetos que precisamos de melhorar para sermos mais rápidos. Será importante que continuemos a trabalhar de forma concentrada e a alcançar o máximo de pontuação sem cometer erros.”

“Depois de um fim-de-semana intenso, usei os dias de folga para curar ainda mais a minha lesão no ombro. As temperaturas voltarão a estar muito altas e a corrida vai desafiar-nos fisicamente”, está convencido Andrea Dovizioso.

O colega de equipa Danilo Petrucci teve um fim-de-semana complicado. Após o seu acidente durante os testes, há uma semana, o italiano teve uma forte dor, além de uma dor de estômago, desencadeada pelos analgésicos administrados. Petrux garantiu pontos valiosos em condições difíceis com o 9º lugar e também olha positivamente para a segunda corrida do Campeonato do Mundo de MotoGP da temporada.

“Estou ansioso pela segunda corrida em Jerez. Depois dos dois dias de folga, sinto-me muito melhor, o estômago indisposto já era e os meus músculos no pescoço também recuperaram”, disse Petrucci na quarta-feira. “Sei que temos potencial para lutar pelas posições da frente, Dovizioso, Miller e Bagnaia mostraram isso recentemente. O meu objetivo para a corrida é um top-5 final. Embora a pista não seja a ideal para a nossa mota, tenho a certeza que sem deficiências físicas posso melhorar o meu desempenho.”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x