MotoGP: Acidente nos treinos prejudicou Petrucci na Áustria

Por a 13 Agosto 2019 17:00

O fim-de-semana de Danilo Petrucci (Ducati Team) no Grande Prémio da Áustria não correu de acordo com o plano, com o italiano a acabar em 9º, o seu pior resultado da temporada.

Antes de se qualificar no Red Bull Ring, Petrucci estava “muito feliz”, já que tinha sido rápido numa pista que, normalmente, não lhe corre bem. O piloto número 9 foi 4º e 7º nas duas sessões antes do Q2, mas um acidente na tarde de sábado obrigou-o a contentar-se com 12º na grelha.

“Foi um erro infeliz, porque no FP3 eu estava muito rápido, no FP4 também, e estava contente porque geralmente nesta pista eu luto com dificuldades”, disse Petrux, falando sobre o acidente na curva 4. “Entusiasmei-me, mas talvez naquela curva não devesse ter entrado com tanta velocidade e à confiança. Caí, fiquei no meio do pelotão  e depois na corrida na primeira curva na segunda volta, fiquei no meio de dois acidentes e a partir daí a minha corrida foi realmente infeliz.”

“Tentei recuperar algumas posições, mas não fui muito rápido na travagem, nem na aceleração. Um fim-de-semana para esquecer de novo, mas tudo começou com o meu erro, que me deixou muito dorido, agora tenho que ficar calmo, relaxar um pouco e focar na próxima corrida. ”

Petrucci acabaria por acabar atrás dos outros pilotos da Ducati, Francesco Bagnaia (Pramac Racing) e até de Miguel Oliveira (KTM Red Bull Tech 3) – logo quando os dois rookies conseguiram os seus melhores resultados em MotoGP. No entanto, foi o oposto exato para Petrucci, que registrou o seu pior final da temporada.

Olhando para os aspetos positivos, Petrucci ainda nunca caiu em corrida em 2019 e ainda nunca terminou fora do Top 10.

Além disso, o homem da Ducati continua a ocupar o terceiro lugar na classificação do Campeonato em direção à Ronda 12. Que expetativas tem o atleta de 28 anos antes do GP de Inglaterra?

“Não sabemos, porque há uma nova camada de asfalto. Mas é o mesmo para todos e queremos lutar pelos cinco primeiros, como sempre. Nesta corrida, como eu disse, era meu alvo, mas cometi um erro grave. Com certeza Silverstone é outra hipótese, uma boa oportunidade de ficar na frente e na posição que eu quero.”

Petrucci conquistou um brilhante pódio de inauguração no circuito britânico em 2015. Sehja como for, Petrucci e a Ducati vão para o Reino Unido, depois do companheiro de equipa Andrea Dovizioso ter conseguido uma vitória sensacional na Áustria.

“Estou muito feliz pelo Andrea. Ele mereceu essa vitória, e precisava dessa vitória. Agora, com o sentimento positivo que temos na equipa, podemos ir para Silverstone mais motivados. Vamos ver, mas com certeza estou muito feliz pela Ducati e Andrea.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png