MotoGP, 2020: Pol Espargaró diz que o que conta é o título

Por a 6 Maio 2020 15:30

Pol Espargaró, piloto de fábrica da KTM Red Bull, ainda sonha com ganhar a classe rainha do Campeonato do Mundo como qualquer piloto de MotoGP. Mas deixa claro que rumores de uma mudança para a Honda são apenas especulação.

Na classe Moto2, Pol Espargaró cumpriu o seu sonho de conquistar o título de campeão do mundo em 2013. Desde a sua promoção à classe principal no ano seguinte, o piloto da fábrica da KTM Red Bull tem lutado arduamente para conseguir esse feito também no MotoGP.

Claro que ainda está longe disso, mas a vontade de um dia ser o melhor no final da temporada é grande, como explica em entrevista a um jornal espanhol.

Todos na grelha, do primeiro ao último, sonham um dia tornar-se campeão do mundo. Quem disser o contrário está a mentir. E todos os pilotos do MotoGP querem melhorar a sua situação, arranjar uma moto melhor e lutar pelo título”, disso diz ter a certeza o piloto de Granollers, de 28 anos.

O desejo de conquistar a coroa do Campeonato do Mundo impulsiona-o todos os dias, explica o mais novo dos dois irmãos Espargaró:

“Essa é a minha única paixão. Treino todos os dias, não para ganhar corridas, mas para ganhar o título de MotoGP. E depois de tudo o que dei, acho que também mereço. Acho que estou a trabalhar o suficiente para ganhar, por isso continuo a lutar.”

É justo que o vencedor já por 15 vezes do Mundial de MotoGP seja a Honda, que se tem sabido impor aos adversários.

Mas sobre o Campeonato do Mundo do ano passado, quando se falou de uma possível mudança para a Honda, Espargaró diz: “Neste momento, são tudo rumores. E talvez agora consiga resultados incríveis com a KTM, e depois não trocava a moto por todo o dinheiro do mundo.”

Ao mesmo tempo, porém, sublinha: “A Honda é uma moto bastante agressiva. Podia combinar bem com o meu estilo de condução”.

O estilo de Pol é considerado semelhante ao do campeão Marc Márquez, que tem ido de sucesso em sucesso na Honda, como diz o homem da KTM: “Acho que o Marc e eu temos um estilo de condução semelhante, colocando o corpo onde o peso não influi tanto na moto”, diz o campeão do mundo de Moto2 de 2013.

 

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x