MotoGP 2020:  O QUE PODEMOS ESPERAR DA SUZUKI ESTE ANO? PARTE 2

Por a 24 Janeiro 2020 16:00

Vimos como Rins revelou todo o seu talento em 2019… mas mesmo assim, a sua qualificação foi irregular: ele pode ter conseguido três pódios, mas teve apenas um arranque da primeira fila e classificou-se nas duas primeiras filas – uma base sólida para conseguir pódios – apenas quatro vezes em 2019.

É Rins ou é a moto? O companheiro de equipa Joan Mir lutou com o mesmo problema, apesar de ter a desculpa de ser um novato. Mas revendo as posições de qualificação combinadas e onde os dois pilotos da Suzuki terminaram, surge um padrão muito claro: Alex Rins terminou bem à frente da sua posição de qualificação em todas as corridas, menos nas duas em que caiu; Joan Mir perdeu lugares em apenas quatro das dezessete corridas que começou.

Dada a facilidade com que a Suzuki pode dar a volta a outras motos, isso não nos deve surpreender. Mas isso faz-nos perguntar quantas corridas Rins poderia ter vencido em 2019 se ele tivesse arrancado de mais adiante na grelha. E quantas corridas Rins e Mir podem dominar se puderem arrancar das duas primeiras filas em 2020.

Alex Rins pode ter-se estabelecido num nível alto para vencer na próxima temporada, mas grandes coisas também são esperadas de Joan Mir. O rookie espanhol passou a primeira parte de 2019 aprendendo a pilotar no MotoGP e, assim que começou a parecer que ele estava pronto para dar o próximo passo, sofreu um grande acidente nos testes em Brno.

Pulmões gravemente magoados forçaram-no a perder duas corridas, mas também o prejudicaram em condições quentes e húmidas. Mir teve dificuldades a respirar na Tailândia e em Sepang, e perdeu muito condicionamento físico porque não conseguiu fazer nenhum exercício aeróbico prolongado durante muito tempo após o acidente.

A última parte de 2019 deu-lhe motivo de esperança, no entanto.

Nas últimas sete corridas, Mir ficou fora dos dez primeiros apenas uma vez, quando chocou com Jorge Lorenzo nas primeiras voltas e perdeu muitas voltas a recuperar. O seu melhor resultado foi em Phillip Island, onde ele alcançou o grupo lutando pelo pódio e perdeu, à justa, cruzando a linha em quinto.

Os testes de inverno também foram bons para Mir. O espanhol terminou os testes de Valencia e Jerez em quinto lugar, à frente do companheiro de equipa Rins em Valencia, atrás dele em Jerez. Rins terminou o teste de Jerez na terceira posição, com apenas Maverick Viñales e Marc Márquez à sua frente.

Em suma, as coisas estão boas para a equipa Suzuki Ecstar em 2020. Eles têm um sólido veterano em Alex Rins, que está melhorando à medida que amadurece, e é absolutamente destemido. Eles têm um piloto extremamente promissor em Joan Mir, entrando na sua segunda temporada no MotoGP (e apenas a sua quinta temporada no Mundial), com experiência no seu currículo e começando a mostrar o seu potencial.

A Suzuki foi excelente em 2019, e a moto para este ano parece ser ainda mais refinada, mais forte nos lugares em que era fraca sem ter que sacrificar o desempenho para obter esses ganhos.

Talvez ainda mais encorajador, eles têm dois pilotos com poucas razões para querer ir embora. Mir e Rins estão felizes com a Suzuki e desejam construir um legado com a fábrica de Hamamatsu. Rins pode-se tornar um alvo para uma fábrica como a Ducati, mas para Rins e Mir, a relva parece muito mais verde onde estão, do que em outros lugares.

Portanto, não deve ser muito difícil para a Suzuki persuadir os dois pilotos a permanecerem depois dos seus contratos terminarem no final do ano. O único senão é o facto de que ter dois pilotos fortes cria inevitavelmente atrito, e já existem sinais precoces de problemas entre Mir e Rins. A Suzuki parece bem para 2020, mas isso poderia causar problemas a longo prazo.

Sem dúvida, é uma ponte que a Suzuki, nas mãos firmes do gestor de equipa Davide Brivio, atravessará quando lá chegarem. No momento, o seu objetivo é ganhar mais e mais pódios em 2020 e comemorar o seu 60º aniversário nas corridas de Grand Prix com estilo. Há todos os motivos para acreditar que eles serão capazes de fazer exatamente isso.

 

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x