MotoGP 2020: Nem vale a pena marcar datas, diz Ezpeleta

Por a 31 Março 2020 14:30

O executivo chefe da Dorna, Carmelo Ezpeleta, não quer atrasar muito a temporada 2020 para que o Mundial não seja impactado negativamente também no próximo ano. “Também podemos reduzir a temporada este ano.”- diz ele, enquanto comenta que, “como as coisas estão, nem vale a pena marcar datas até se perceber a situação”.

Apesar de contra-medidas rigorosas, o número de infecções por coronavírus continua a aumentar em todo o mundo e não parece estar à vista um fim da disseminação e, portanto, ninguém ousa prever quando a vida regressará ao normal.

O CEO da Dorna, Carmelo Ezpeleta, também está relutante em dar certezas, após ter adiado os primeiros fins-de-semana de GP, tendo em vista as restrições de entrada e saída em muitos países anfitriões do Mundial.

Depois da abertura da temporada da classe MotoGP no Qatar ter ido por água abaixo, quando apenas correram as classes menores que já estavam no país para fins de teste, as datas originais das rondas do Campeonato do Mundo na Tailândia, EUA e Argentina foram canceladas ou substituídas por outras mais adiante.

Nenhuma data alternativa ainda foi encontrada para o GP da Espanha em Jerez, que também foi cancelado, e isso não deve ser diferente com cancelamentos dos próximos Granes Prémios em Le Mans (17 de Maio) e Mugello (31 de Maio) a parecer agora inevitáveis.

Numa entrevista recene, Ezpeleta salientou que não há sentido em publicar outros calendários provisórios do Mundial até que fique claro quando o Campeonato poderá continuar.

O gestor espanhol também disse que não queria deixar a temporada 2020 atrasar-se muito, para não comprometer os eventos do próximo ano. “Depende muito de quando podemos começar de novo. Dizem que as regras da FIM estabelecem que pelo menos 13 corridas devem ser disputadas para que conte como um Mundial, mas isso não é verdade. Faremos o nosso melhor sem alterar muito a última parte da temporada, já que as datas para o final do surto já estão muito próximas.”

“Não podemos prolongar muito a temporada para o inverno e, assim, atrapalhar a temporada de 2021. Também podemos ter uma temporada mais curta este ano, para que possamos executar novamente todas as rondas da Mundial no próximo ano. Vamos ver como a situação acaba por se desenvolver, porque o mundo será diferente após a passagem deste vírus. O mais importante é que recuperemos bem disto.” esclareceu Ezpeleta.

 

Atual calendário da MotoGP 2020

8 de Março: Doha / Qat (sem MotoGP)

17 de Maio: Le Mans / Fra

31 de Maio: Mugello / Ita

07 de Junho: Barcelona / Esp

21 de Junho: Sachsenring / Ale

28 de Junho: Assen / Hol

12 de Julho : KymiRing / Fin

09 de Agosto: Brno / Che

16 de Agosto: Red Bull Ring / Aut

30 de Agosto: Silverstone / GB

13 de Setembro: Misano / Ita

27 de Setembro: Aragón / Esp

04 de Outubro: Buriram / Tai

  1. Outubro: Motegi / Jap

25 de Outubro: Phillip Island / Aus

01 de Novembro: Sepang / Mal

15 de Novembro: Texas / EUA

22 de Novembro: Las Termas / Arg

29 de Novembro: Valencia / Esp

Ainda Sem data: Jerez / Esp

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png