MotoGP, 2020: Miguel Oliveira aponta para Top 5 para o ano

Por a 23 Dezembro 2019 15:30

Não é segredo que Miguel Oliveira é um vice-campeão Mundial de Moto 3 e de Moto2 e o primeiro português no MotoGP, estreando-se este ano na KTM Tech3 Red Bull de Hervé Poncharal.

A alta da sua época foi um 8º lugar no Red Bull Ring de Spielberg, justamente o GP da sua equipa Austríaca.

Depois, a sua época complicou-se em Silverstone quando o português foi abalroado por Johann Zarco, ainda por cima seu colega de marca, senão exatamente de equipa.

A partir daí, a época de Oliveira ficou comprometida, com uma operação ao ombro lesionado a excluí-lo das três provas finais do ano e a deixá-lo em 17º no Campeonato.

Na gala dos Campeões deste ano, Miguel provou mais uma vez que é dos mais populares atletas portugueses e aproveitou para comentar a sua época e aspirações para a sua segunda época na classe rainha em 2020 e para o futuro:

«Penso que será possível (aspirar ao título) dentro de três anos. Como? Obviamente, será muito trabalhoso e exigirá muita dedicação. Eu sei que tenho a capacidade de lutar por vitórias e pódios. Tenho de continuar a focar-me no meu trabalho na KTM, tirar o melhor proveito da minha moto e pensar passo a passo sobre quais serão os meus objetivos nos próximos anos ”, disse ele à RTP.

Oliveira confia em si mesmo e na KTM para obter resultados entre os 5 melhores já na próxima temporada, segundo afirmou ainda: “Esse é um objetivo. É claro que todos queremos o máximo. O Campeonato do Mundo está forte neste momento. Também temos uma nova moto que parece ser competitiva e faremos o possível por a desenvolver ao máximo. Se conseguíssemos andar entre os cinco primeiros lugares, é claro que teríamos orgulho”, disse o piloto da Tech3, ainda em convalescença da sua recente operação.

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
SNN81 Recent comment authors
recente antigo mais votado
SNN81
Membro
SNN81

Tenho grande admiração pelo Miguel e ficaria todo contente se esta projecção se confirmasse, no entanto, conhecendo minimamente a realidade do MotoGp, parece-me que a fasquia está a ser colocada demasiado alta…

últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png