MotoGP, 2020, Estíria: Rossi pede prudência

Por a 19 Agosto 2020 16:30

O nove-vezes campeão ficou em estado de choque na sequência do grande incidente, em que Johann Zarco derrubou Franco Morbidelli.

Foi um milagre ninguém se ter magoado no GP da Áustria este domingo, segundo Valentino Rossi, com o piloto de Yamaha Monster Energy a comentar no Instagram os seus sentimentos e experiência do incidente. Na mensagem, o italiano apelou a um maior cuidado entre os seus concorrentes, afirmando que, embora o perigo faça parte do desporto, a segurança de todos deve ser prioritária a ganhar vantagem:

As imagens da minha câmara são as que mais me assustam, porque compreende-se a velocidade a que a moto do Franco atravessou a pista mesmo à minha frente.”

Passou com tal velocidade que nem a vi, mas quando regressei às boxes já estava bastante abalado por ter visto a mota do Zarco a sobrevoar literalmente a cabeça do Maverick. Zarco não causou intencionalmente a    queda, mas continua a ser um erro grave de julgamento, que um piloto de MotoGP não se pode permitir, especialmente numa travagem de 310 km/h. Entendo que na corrida jogamos muito duro e todos dão o seu melhor para ficar na frente, mas não podemos esquecer que isto é um desporto perigoso, e a nossa segurança é muito mais importante do que ganhar uma posição.”

Rossi ficou em quinto lugar na corrida de domingo, e a FIM já confirmou que vai haver uma série de reuniões entre o Colégio de Comissários e os pilotos envolvidos na Quinta feira.

 

 

 

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x