MotoGP 2020: Calendário em causa

Por a 8 Janeiro 2020 14:59

Não são apenas Valencia e Phillip Island cujas datas são controversas. As estações de TV também discordam da diferença de fusos horários para a Ásia, que torna certas transmissões pouco populares.

Não são só os pilotos, equipas, patrocinadores e fabricantes que reclamam das condições climáticas adversas no GP em Phillip Island e Valencia há vários anos, mas também os responsáveis ​​pelas estações de TV, provedores de TV por cabo e serviços de streaming, que às vezes reclamam sobre a programação do promotor de MotoGP Dorna.

O descontentamento vem porque, justamente quando se chega às corridas em que se discute os títulos nas classes de MotoGP, Moto2 e Moto3, as provas fora da Europa são transmitidas à noite pela madrugada dentro.

As emissoras de TV reclamam das baixas audiências, razão pela qual algumas emissoras não enviam repórteres para o exterior em Outubro e Novembro – ou enviam apenas um contingente de emergência. Em vez disso, para economizar custos de viagem, os comentários são feitos nos estúdios domésticos.

A diferença de horário entre a Austrália e a Europa é particularmente dramática: foram dez horas no dia da corrida em 2019 após a passagem para o horário de inverno!

“Os promotores da Fórmula 1 são muito mais inteligentes. Na fase decisiva da temporada, eles primeiro vão para Singapura, depois para locais como o Texas, o Brasil ou Abu Dhabi. Desta forma, as corridas importantes podem ser transmitidas no horário ideal”, observou um conhecido repórter de TV.

A temporada de GP de motos também já terminou no Brasil e na Argentina no passado, por exemplo, a 27 de Setembro de 1987 e 4 de Outubro de 1987, mas claro que neste momento nem sequer há um GP do Brasil.

Depois, a programação é sempre complicada por causa de ter um Grand Prix adicional. A temporada tem de começar mais cedo e continuar até meados de Novembro.

Mesmo que os fãs de MotoGP não gostem de ouvir isso, os planeadores de MotoGP devem levar em consideração as datas da Fórmula 1.

Porque na Fórmula 1, por exemplo, as audiências na RTL caíram de uma vez de 10 ou 12 milhões para 4 ou 5 milhões. Mas mesmo assim ainda há dez vezes mais fãs a seguir a F1 do que a MotoGP.

Por isso, nenhuma emissora que tenha os direitos de MotoGP deseja exibir o MotoGP ao mesmo tempo que o concorrente que esteja a transmitindo a Fórmula 1 no mesmo país.

Algumas estações de TV têm até os direitos de ambas as séries, pelo que é preciso ter as provas em fusos horários diferentes e alterar a programação se o Grande Prémio ocorrer no mesmo fim de semana. Por exemplo, mover a classe de Moto3 ou Moto2 para o final do programa. Em 2019, por exemplo, o GP de Brno ocorreu no mesmo fim de semana da Fórmula 1 em Budapeste…

Portanto, existem várias razões para mudar o calendário de MotoGP após a temporada 2020. Phillip Island deverá ser adiada para Fevereiro, neste caso por causa do clima desagradável e tempestuoso de Outubro. Neste ponto, é verão na Austrália.

Os pilotos também gostariam de ter uma data anterior para o GP de Valencia do que em meados de Novembro, quando o tempo pode ser muito agreste também. Lembrar que em 1999, na estreia em Valencia, por exemplo, a prova foi realizada em 19 de Setembro.

Devia ser possível mudar Valencia para o início de Outubro no futuro. Nesse caso, as corridas em Motegi, no Japão, possivelmente Lombok, na Indonésia e Sepang, poderiam terminar a temporada.

“O clima imprevisível em Outubro em Phillip Island é um problema há anos. É uma pena. E também devemos mudar o final da temporada em Novembro para áreas mais quentes. Por exemplo, para a Malásia. Mas a Dorna é espanhola. É por isso que eles aparentemente querem a final em Valencia”, diz Valentino Rossi.

Calendário do MotoGP 2020

  • 8 de Março: Doha / Qatar
  • 22 de Março: Buriram / Tailândia
  • 5 de Abril: Austin / EUA
  • 19 de Junho Las Termas / Argentina
  • 3 de Maio Jerez / Espanha
  • 17 de Maio. Le Mans / França
  • 31 de Maio: Mugello / Itália
  • 07 de Junho: Barcelona / Espanha
  • 21 de Junho: Sachsenring / Alemanha
  • 28 de Junho Assen / Holanda
  • 12 de Julho: KymiRing / Finlândia
  • 09 de Agosto: Brno / Checa
  • 16 de Agosto: Red Bull Ring / Áustria
  • 30 de Agosto: Silverstone / Grã-Bretanha
  • 13 de Setembro: Misano / Itália
  • 04 de Outubro: Aragón / Espanha
  • 18 de Outubro: Motegi / Japão
  • 25 de Outubro: Phillip Island / Austrália
  • 1 de Novembro: Sepang / Malásia
  • 15 de Novembro : Valencia / Espanha
0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x