MotoGP 2020, Brno: Rossi prepara-se para 200 pódios na classe rainha

Por a 5 Agosto 2020 15:30

A espera de 15 meses de Valentino Rossi (Yamaha Monster Energy) para um pódio no MotoGP terminou finalmente no Grande Prémio da Andaluzia, graças a um cansativo terceiro lugar em condições brutais.

Domingo na Andaluzia foi uma das, se não a mais quente, corridas da carreira de Rossi em Grande Prémio. Mas o homem de 41 anos não mostrou sinais de que está a abrandar para enfrentar o colega de equipa Maverick Viñales.

Com a temperatura mais alta que a idade de Rossi, não admira que o Italiano acabasse exausto

Aquele aguardado regresso ao pódio foi o 199º pódio do Doctor na classe rainha e rumo ao GP da República Checa, Rossi espera que a dupla centena esteja à espera.

Rossi está bem na frente em termos de pódios de classe rainha. O seu adversário mais próximo é o ex-companheiro de equipa Jorge Lorenzo, aos 114, com Dani Pedrosa a 112 e Marc Márquez empatado aos 95 com Mick Doohan.

O 100º pódio de Rossi surgiu com Lorenzo e Pedrosa no GP de Espanha de 2008, quando o italiano terminou em segundo lugar atrás de Pedrosa nessa ocasião.

A maioria dos pódios de Rossi no MotoGP, claro, vêm com a Yamaha, 142 e contando. Com a Honda Rossi chegou aos 54 a caminho de três títulos, enquanto na Ducati, o número 46 pulverizou o espumante apenas três vezes.

A última vez que Rossi conseguiu subir ao pódio do GP da República Checa foi no Outuno de 2016, que viu tanto Rossi como o eventual vencedor Cal Crutchlow (Honda LCR Castrol) abrirem caminho através do pelotão em condições húmidas depois de escolherem os pneus corretos.

Conseguirá Rossi voltar aos pódios em 2020? Num circuito que não se adequa necessariamente à Yamaha, não vai ser fácil – mas nunca descontem o nove vezes campeão do mundo!

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x