A Ducati nos testes de Misano

Por a 30 Agosto 2019 17:00

Na Ducati, Andrea Dovizioso (equipa da Ducati) estava de novo a bordo da sua GP19 na sessão da tarde, tendo sido declarado apto a pilotar no início do dia. O manager da equipa, Davide Tardozzi, disse que o plano de testes do italiano foi cancelado quando houve preocupações com a condição física de Dovi após o brutal acidente em Silverstone, com o companheiro de equipa Danilo Petrucci a ficar encarregado de testar algumas evoluções na eletrónica. Com o OK dos médicos, Andrea Dovizioso pode participar na sessão da tarde.

O piloto de testes Michele Pirro tinha novas peças e configurações de chassis para experimentar, com a carenagem que usou no KymiRing a ser usada em Misano na quinta-feira, quando o piloto chegou a ser dos mais rápidos em pista.

Além disso, Petrucci, Pirro e Jack Miller, da Pramac Racing, que dispõe de uma Desmosedici idêntica às da fábrica, tinham o acessório do braço oscilante de novo instalado nas suas motos e parecia haver diferentes configurações de saídas de escape em avaliação.

De lembrar que a Ducati usa um braço oscilante de fibra de carbono desde o final de 2009.

A Honda tornou-se o primeiro dos fabricantes japoneses a deixar o alumínio na última temporada, quando a Aprilia também começou a desenvolver um braço oscilante em compósito.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MotoGP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png