MotoGP, Quedas na primeira sessão deram o mote para dia difícil de Miguel Oliveira

Por a 13 Maio 2022 16:39

Miguel Oliveira teve um primeiro dia do Grande Prémio de França para esquecer, com duas quedas na primeira sessão de treinos livres a limitarem o piloto português para a segunda sessão, deixando-o no 21.º lugar da tabela combinada de tempos.

As duas quedas de Miguel Oliveira deram-se já dentro dos últimos 20 minutos da primeira sessão, sendo que o português já teve oportunidade de explicar que a primeira queda se deveu à quebra de um componente que agarra o amortecedor. A segunda queda deveu-se à baixa temperatura dos pneus que trouxe para a pista. Oliveira terminou assim a sessão mais cedo, com o 21.º melhor tempo, a 1.250 segundos de Pol Espargaró, líder da sessão.

Para além da perda de confiança que poderá ter surgido em função das quedas, Oliveira também admitiu que disputou a segunda sessão com algumas dores no pulso e num dedo. Sem conseguir dominar a moto como queria, Oliveira ainda conseguiu melhorar o registo da sessão da manhã, rodando em 1:32.695 minutos. Ainda assim, só serviu para subir ao 20.º lugar da sessão, mas mantendo o 21.º posto da geral, a 1.547 segundos do líder Enea Bastianini.

O lado positivo é que Brad Binder, com a outra moto da KTM, terminou o dia no sétimo lugar, o que pode significar que o potencial para chegar à Q2 existe. Contudo, resta saber em que condições físicas é que vai estar o português para o dia de amanhã.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x