MotoGP, Dixit, Aragón: Oliveira, afirma “Estou decepcionado” e não atira a toalha ao chão.

Por a 17 Outubro 2020 22:23

Miguel Oliveira terminou em 18º a qualificação em Aragón. O luso de 25 anos que venceu o GP da Estíria, confessa: “Estivemos muito abaixo do nosso potencial” mas promete tentar virar o chip na corrida…  

Para Miguel Oliveira, o último treino no circuito de Aragão foi decepcionante. O piloto luso não passou do oitavo lugar no Q1 com a sua Tech3 KTM e, portanto, teve que se contentar com o 18º lugar. O português ficou mais de oito décimos acima do Q1 de Danilo Petrucci e suspirou após a sessão: “Esperava uma melhor tração à tarde”, disse o vencedor do GP da Estíria. “Fomos mais rápidos do que na sessão da manhã, quando as condições ainda eram muito difíceis, mas continuámos a ter alguns problemas após colocar na moto os pneus novos. Estou muito decepcionado, ficamos muito abaixo de nossas possibilidades e também longe do nosso objetivo”, confessou sem hesitação.

“Espero que com os dados de todos os pilotos da KTM a equipa possa melhorar a moto”

E Miguel Oliveira sabe que não tem uma tarefa fácil para amanhã, partindo da 18ª posição. “Será certamente complicado, porque eu tenho que fazer uma grande recuperação na corrida. Espero que graças aos dados de todos os pilotos da KTM, possam entender a direção em que precisamos ir e que a nossa equipa seja capaz de melhorar a moto. Porque no momento a situação não parece muito promissora. Espero virar a maré amanhã na corrida“.

O foco está nos problemas de tração: “Isto não tem nada a ver com os pneus, o principal problema é a tração. É verdade que de todos os pilotos da KTM, eu sou o que desgasto os pneus mais rápido. É por isso que é difícil avaliar a nossa verdadeira velocidade de corrida.”

A escolha dos pneus, que dependerá de vários fatores, é, portanto, também uma dor de cabeça. “Vamos esperar e ver qual é a melhor combinação para a corrida. As condições da pista e a temperatura do asfalto no início da corrida terão um papel importante”, explicou Oliveira. Amanhã, a partir das 10h da manhã, os 20 minutos de Warm-Up serão certamente cruciais para a Tech3 e Oliveira acharem o melhor acerto da moto para a corrida de MotoGP que tem início às 14h00 de Portugal Continental. Fiquem atentos.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x