Moto3: McPhee renova com a Petronas Sprinta

Por a 23 Agosto 2019 13:34

John McPhee vai permanecer na Petronas Sprinta Racing em 2020, prolongando o seu tempo com a equipa para alinhar novamente no Campeonato do Mundo de Moto3   no próximo ano. O piloto de 25 anos assinou hoje o papel em Silverstone, antes de sua corrida de casa no GP da Grã-Bretanha.

Um consistente classficado na primeira linha e candidato ao pódio nas últimas rondas do Campeonato, terminando mesmo em terceiro lugar no Grande Prémio da Áustria, McPhee está a viver um sonho ao começar com a Petronas Sprinta Racing. Seguindo a sua primeira temporada de grande sucesso, com a equipa como base para continuar em 2020, vai começar o segundo ano com a equipa como um dos favoritos ao título de Moto3.

Razlan Razali – Diretor da equipa, comentou: “John McPhee provou ser um piloto altamente profissional que pode atuar em todas as pistas. Ele marcou a nossa primeira vitória em Le Mans este ano e contribuiu para o equipa dar um passo em frente em 2019. O nosso objetivo em manter o John é ir atrás de glória no campeonato. Confirmar John agora dá-nos continuidade e permite que John se concentre nos resultados e não nas negociações.”

Johan Stigefelt – Diretor da equipa: “Estou muito satisfeito por termos ampliado o nosso contrato com o John por mais um ano. É perfeito para nós porque podemos vê-lo amadurecer e evoluir este ano e ele está ficando melhor e melhor em todas as corridas. Nós levamos algum tempo a arrancar e perdemos pontos valiosos no início da temporada, mas agora podemos começar 2020 a partir de uma base diferente. Será a primeira vez que John vai ficar na mesma equipa na mesma moto por dois anos seguidos. Nós acreditamos nele, é um piloto forte e estamos felizes em continuar o nosso relacionamento. ”

John McPhee: “É uma sensação fantástica e estou muito grato por ter outra grande oportunidade de trabalhar com uma equipa tão grande. É uma honra fazer parte da família por mais um ano. Eu tenho um trabalho para terminar entre agora e o final da temporada e o meu foco será esse, mas estou muito animado para o futuro também. É a primeira vez na minha carreira que eu tenho continuidade e isso é ótimo para a equipa, para mim e para os resultados. Quando as coisas funcionam tão bem como estão agora, é inestimável – não se pode explicar como isso é importante para um piloto. Ter a hipótese de começar uma segunda temporada com este sentimento só nos pode fortalecer. Preciso de dar um enorme obrigado a Razlan, a Johan e à Petronas e a todos os nossos parceiros por depositarem confiança em mim. ”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto3
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x