Moto3, Austrália: Ramirez estreia na pole em condições difíceis

Por a 26 Outubro 2019 05:35

Marcos Ramirez, da Honda Leopard Racing, vai começar a corrida de Moto3 no Grande Prémio da Austrália da pole no Domingo pela primeira vez, depois de dominar em condições difíceis.

Phillip Island atirou com ventos fortes, chuva e sol a todos os concorrentes exigindo altos níveis de concentração e habilidade.

A grelha de Moto3 foi forçada a esperar também depois da KTM Kalex do wildcard Yanni Shaw cuspir fluidos nas curvas 4 e 5 no início da primeira fase, causando uma série de quedas. Uma vez de volta, as condições estavam a alterar-se a cada segundo, forçando os pilotos a puxar imediatamente logo de início, caso o tempo piorasse outra vez.

No final, Ramirez terminou o mais rápido para fazer a pole depois de aguentar um ataque final de Aron Canet, da KTM Sterilgarda Max. Os dois serão acompanhados na primeira fila por outro espanhol, Albert Arenas da Gaviota Angel Nieto.

A segunda fila da grelha terá John McPhee (Petronas Sprinta), depois do escocês ser eliminado da primeira fila por Canet. A segunda linha é completada por Kaito Toba, da Honda Team Asia, e pelo líder do Campeonato do Mundo Lorenzo Dalla Porta.

O piloto da Honda Leopard Racing será coroado campeão de Moto3 se conseguir quatro ou mais pontos que Canet no Grande Prémio da Austrália de Domingo.

Andrea Migno, da Mugen Race, terminou a sessão em sétimo lugar mas houve sorte contrastante no lado oposto da garagem, quando Jaume Masia caiu na Q2 depois de passar pela Q1.

Romano Fenati (VNE Snipers) começará em oitavo à frente do italiano Celestino Vietti, com o companheiro de equipe da SKY VR46, Dennis Foggia, um lugar mais atrás em décimo.

Um punhado de pilotos caiu nas condições agrestes, como Niccolo Antonelli (SIC58 Squadra Corse) e Can Oncu (KTM Red Bull Ajo), que ficara à frente na Q1. Entretanto, Tony Arbolino, da Honda VNE Snipers, teve o seu ataque à pole eliminado após ficar sem combustível, o italiano terminando em décimo terceiro.

Alonso Lopez, de Estrella Galicia 0,0, e Darryn Binder, da CIP Green Power, começarão mais abaixo na grelha depois de cairem na Q1, mas houve alguns sorrisos na boxe da CIP Green Power, pois Tom Booth-Amos teve a melhor qualificação da sua carreira ao terminar décimo quarto…

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto3
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x