Moto3, Andaluzia: Tatsuki Suzuki, da pole para a vitória

Por a 26 Julho 2020 10:51

A corrida das Moto3 começou logo quente, com Rodrigo a liderar, e Arbolino segundo na Honda da Snipers, mas logo a seguir, Suzuki tomou as rédeas, com todos os olhos em Binder em 8º, pois o Sul-africano acabara de fazer a volta rápida.

Momentos depois, é Rodrigo de novo à frente, com Ogura e Fernández por perto John McPhee a chegar a 6º e Arenas a 7º, todos um perigo na fase final da corrida.

Ogura chega ao grupo da frente quase entrando pela traseira de Arbolino que a seguir este passa Rodrigo para segundo.

Binder está em 7º, atrás de McPhee que está agora em 6º pois recupera de um ataque de Masia. O Top 10 leva um décimo de segundo entre cada concorrente, com Rodrigo a liderar e Suzuki segundo, mas Suzuki vem de novo para a frente a 15 voltas do final e Arenas já vem em terceiro, logo a seguir segundo, e parece forte para fazer três consecutivas…

Migno e Sasaki caem na curva 1, e Suzuki lidera de novo, quando Ogura e Masia caem na curva 9, e voltam à pista com ajuda dos comissários, mas fora da luta pelos primeiros.

Rodrigo e Suzuki têm alternado a liderança quase a cada volta, com um grupo de 5 agora à frente fechado por McPhee na Honda da Petronas.

Binder chegara a 6º mas está sob ataque de Arbolino e ainda há Oncu, Alcoba e Vietti no segundo grupo a 4 segundos da cauda dos líderes.

Suzuki tenta tudo para ficar à frente de Rodrigo, na prática a 9 voltas do fim, os dois grupos da frente fundiram-se numa longa fila de 10 pilotos colados, com Arbolino em 10º a apenas 1,1 segundos da frente e mesmo o, agora, segundo grupo a apenas 1,6 segundos de distância.

Salac desiste com dores numa lesão, e com McPhee já segundo e Binder 4º, as trocas de posição continuam…

A 8 voltas do final, Arenas cai a toda a velocidade à saída da Sito Pons e fica estonteado depois de rebolar na gravilha, deixando Fenati na Husqvarna dentro do Top 10 pela primeira vez.

Suzuki é a única constante no grupo, pois de 2º, McPhee já é de novo 5º e tem atrás de si Alcoba e Vietti, com Binder agora segundo a 4 voltas, e Oncu também a cair…

Alcoba recebe uma penalidade de volta longa por exceder os limites da pista e Yamanaka, que tem estado a ameaçar, atinge o Top 10 e vai mesmo pra 8º a seguir.

Faltam 2 voltas, e em vez de diminuir, o ritmo parece cada vez mais frenético, com Suzuki, Binder e McPhee a abrirem umas décimas de intervalo à frente.

Suzuki parece seguro, Binder baixa para 5º e só McPhee parece em posição de incomodar o Japonês, mas este vai mesmo ganhar!

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto3
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x