Moto3, Algarve, Foggia sobre Binder: “É muito estranho que ele vá para o MotoGP”

Por a 9 Novembro 2021 17:27

Dennis Foggia perdeu a luta pelo campeonato do mundo de Moto3 no momento em que sofreu o toque de Darryn Binder que o atirou ao solo. A raiva do italiano ainda não se dissipou, e não aceitou sequer o pedido de desculpas de Binder… que acabou ‘expulso’ da box da Leopard!

O italiano, que estava tão forte na segunda metade da temporada e tinha colocado o novo campeão Pedro Acosta sob grande pressão. Terminada a corrida de Moto3, Foggia não quis ouvir o pedido de desculpas de Binder, e a equipa Leopard Racing foi ainda mais longe, indicando de imediato o o caminho de saída da sua box ao sul-africano.

“Estou muito desapontado”, começou por dizer Dennis Foggia.  “Na parte final da temporada, fui o melhor piloto. Por um lado estou feliz com isso, mas por outro estou triste porque gostaria de ter vencido o campeonato. É difícil aceitar que fiquei de fora por causa de um toque de outro piloto”, prossegui Foggia, evitando sempre pronunciar o nome de Binder.

No Algarve, Foggia foi muito promissor na prova. Se ele tivesse cruzado a linha de chegada antes de Acosta, poderia ter adiado a decisão, e ainda havia uma volta completa para o tentar. “Quando o Pedro me ultrapassou no primeiro sector, estava muito relaxado”, explicou Foggia. “Sabia que era um pouco mais forte que ele no último setor, e certamente o teria atacado.”

Além de Foggia, Sergio Garcia também caiu derrubado por Binder devido à sua travagem louca… para além de todos os limites.

Foggia também analisa a ascensão de Darryn Binder no MotoGP, que posteriormente foi desqualificado pela direção da corrida: “É muito estranho este piloto ir para o MotoGP no próximo ano. Ele disse-me que sentia muito por me ter atirado ao chão. Mas não foi a primeira vez. Já aconteceu duas, três ou quatro vezes.”

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x