Moto2, Valencia: Os vencedores comentam…

Por a 17 Novembro 2019 13:15

 Brad Binder, KTM Red Bull, vencedor, com 25:30.766:

 “Prefiro nem saber a que distância fiquei do Campeonato com estes pontos, francamente, nem quero pensar nisso…”

“De qualquer modo, no ponto em que estamos agora, o ímpeto dos resultados neste final de época, foi incrível…!”

“ O Tom fez-me a vida difícil hoje, o ritmo dele era uma loucura, o vento tornava tudo muito manhoso em pista e ele estava tão perfeito nas travagens que tornava ultrapassar muito difícil…”

“Tentei 2 ou 3 vezes finalmente conseguiu e uma vez que conseguiu fazer a manobra colar, tentei ser consistente e ganhar um bocado de espaço até à meta…

“Mas de qualquer modo, que maneira de acabar a minha carreira na Moto2, com uma vitória..”
“Queria agradecer a todos na minha equipa, um enorme obrigado à KTM e à Ajo Motorsport, que cuidou de mim nos últimos anos, mal posso esperar pelo próximo passo na minha carreira!”

Tom Lüthi, Dynavolt, segundo a 0,803s

“Fiz absolutamente tudo o que podia até ao fim, nem foi uma corrida muito longa, mas eu puxei desde o início e comecei a ter problemas com o pneu da frente muito cedo, e depois o vento intensificou-se e foi ainda pior…”

“Comecei a ter derrapagens com a frente e sabia que o Brad (Binder) vinha atrás e pensei, OK , ele vai começar a tentar passar e foi o que ele fez, atacou e estava tão rápido…”

“Especialmente na última volta, não cometeu um único erro e eu não pude alcançá-lo…”

“Estou um bocado desapontado de ter perdido a luta e um pouco triste por perder assim o segundo lugar no Campeonato, mas de qualquer maneira acabar a época, assim com uma boa corrida e com um pódio, é sempre muito bom!”

 

Jorge Navarro, Speed Up Beta, terceiro a 1,045s:

 “Estou muito contente, porque não foi uma corrida fácil…”

“Logo do começo, as condições mudaram um pouco e estive a lutar com uma má sensação da dianteira…”

“Nalguns setores eu podia andar ao máximo e apanhava-os, mas noutros vi que eles estavam mais rápidos que eu e no final, percebi que o pódio era o máximo que podia conseguir nesta corrida…”

“Na última volta ainda tive de lutar com o Manzi, que também estava muito rápido, por isso ficou muito feliz de ter conseguido acabar no pódio, é o 8º pódio da época e acabar assim numa nota alta é sempre bom…”

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto2
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png