Moto2, Austrália: Navarro faz pole com chuva a interromper o final da sessão

Por a 26 Outubro 2019 05:57

Pela primeira vez desde Le Mans, Jorge Navarro (Speed ​​Up Beta Tools) sairá da pole, graças ao seu 1: 33.565 na Q2 do GP da Austrália. A chuva começou a cair nos cinco minutos finais da sessão para encerrar prematuramente a sessão, com Brad Binder (KTM Red Bull Ajo) e Luca Marini (Kalex SKY VR46) a passar da Q1 completando a primeira fila.

A chuva caiu e caiu sem cessar durante todo o sábado no GP da Austrália, mas por 10 minutos na Q2, os pilotos de Moto2 conseguiram fazer alguns tempos no seco.

O ponto de referência inicial foi estabelecido por Marco Bezzecchi, da KTM Red Bull Tech 3, mas com os pilotos a ganhar confiança numa Phillip Island fria e com muito vento, o detentor da pole mudou constantemente.

O líder do campeonato Alex Marquez (EG 0,0 Marc VDS) estava no topo nos estágios iniciais, antes de Marini liderar por apenas 0,004 sobre Binder.

Os setores da sessão estavam-se a iluminar em sucessão, mas ninguém estava mais rápido que Navarro.

O piloto da Speed ​​Up conquistou a pole provisória por 0,3s depois de Binder ter acabado de chegar ao primeiro lugar, cronometrado na perfeição. Faltando pouco mais de cinco minutos para o final da Q2, fortes chuvas caíram no setor de abertura do circuito.

Isso acabou com as esperanças de todos de melhorar os tempos e colocou Navarro na pole pela terceira vez em 2019. Ele, o segundo qualificado Binder e o terceiro lugar Marini ainda podem impedir Márquez de conquistar o título neste fim de semana, com os três a sair da fila da frente buscando vitória.

Fabio Di Giannantonio faz duas Speed ​​Up Beta Tools entre os quatro primeiros em Phillip Island, com o rookie a apenas 0,002s da primeira fila em 4º.

Jorge Martin (KTM Red Bull Ajo) esperava obter a pole depois de dominar todas as sessões livres, mas o clima agreste não deixou.

No entanto, o atual Campeão do Mundo de Moto3 tem uma grande chance de conquistar o seu segundo pódio consecutivo do meio da segunda linha, a sua segunda melhor posição qualificativa do ano. A alinhar ao lado de Martin está o compatriota Alex Márquez.

O favorito ao título estabeleceu o sétimo melhor tempo na Q2, com o sexto Sam Lowes (Federal Oil Gresini) mais rápido, mas tendo que começar do fundo da grelha por causa de condução irresponsável na FP2, Marquez subiu para a segunda linha.

O especialista em Phillip Island, Jesko Raffin (NTS RW Racing), teve uma Q2 fantástica, e liderará a terceira linha da classe intermédia Domingo, de longe a melhor qualificação do ano para o suíço.

Bezzecchi vai sair do oitavo lugar à frente do companheiro da KTM Iker Lecuona (American Racing) e do segundo dos suíços Tom Lüthi (Dynavolt Intact GP). Lüthi, o candidato mais próximo de Márquez no campeonato, precisará de um bom arranque de 10º para vencer o número 73 na Austrália.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto2
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png