GP da Argentina realiza-se sob vários cenários

Por a 3 Abril 2016 16:53

Já foi anunciado em Termas de Rio Hondo na Argentina que o GP da Argentina vai mesmo realizar-se à hora prevista – 20 horas de Portugal continental – e que será realizado sob diversos formatos possíveis.

Caso a corrida se realize com o asfalto seco, as previsões indicam isso mesmo, os pilotos poderão utilizar os pneus descartados no final do dia de ontem (tantos os Medio como os Duro) e com a corrida a ser encurtada para apenas 20 voltas todos serão obrigados a trocar de moto entre as voltas 9 e 11, tal como sucedeu na Austrália em 2013.

Na eventualidade da corrida começar com piso molhado, secando posteriormente no decorrer da mesma, será mostrada bandeira vermelha e será feita uma nova partida já com os pneus de piso seco. Caso o asfalto volte a ficar novamente molhado então os pilotos podem entrar no ‘pit lane’ e trocar de moto. O derradeiro cenário será uma corrida totalmente à chuva e caso isso suceda a corrida terá 25 voltas com os pneus de chuva já utilizados no ‘warm up’ e a Michelin não permitirá a nenhum piloto utilizar o pneu de chuva intermédio.

Perante estas possibilidades está colocada de lado a possibilidade do GP da Argentina ser mesmo cancelado, como chegou a ser possível depois do que se passou ontem e hoje.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png