GP da Argentina pode ser cancelado

Por a 3 Abril 2016 15:30

Face a tudo o que se tem passado este fim-de-semana em Termas de Rio Hondo, o segundo GP da temporada pode mesmo vir a ser cancelado, pelo menos para a categoria-rainha. Ontem, depois do rebentamento de um pneu traseiro na moto de Scott Redding, a Michelin decidiu retirar os compostos traseiros médio e duro, colocando em seu lugar um composto de segurança que tem maior quantidade de borracha mas que ninguém experimentou à excepção de Colin Edwards em Losail.

Mas com a chuva a chegar ao traçado sul-americano os pilotos não puderam aproveitar a sessão de treinos extra agendada para esta manhã e perante a possibilidade da corrida se realizar a seco não haverá mesmo possibilidade do pneu ser testado e por isso a corrida pode mesmo ser cancelada.

“Não se poderá fazer a corrida, acordámos com as equipas que não faz sentido enviar os pilotos para uma corrida onde utilizam um pneu que não puderam testar. A previsão é que páre de chover, mas com a humidade que temos… vamos mesmo ter que esperar para ver como evolui o dia”, referiu Javier Alonso, um dos responsáveis da Dorna.

Mas existem mais possibilidade no ar e um delas será realizar uma corrida ‘flag to flag’ com paragem para troca de moto a meio visto que a Michelin garante que os pneus que colocaram de parte suportam dez voltas de corrida, sendo que outra possibilidade será colocar os pilotos em pista com os pneus de chuva e se a pista secar será de imediato mostrada a bandeira vermelha.

Garantido neste momento é mesmo um grande ‘casino’ como dizem os italianos, uma confusão inesperada e que mais uma vez coloca em maus lençois os homens da Michelin. As próximas horas serão decisivas para sabermos se ás 20 horas – hora de Portugal continental – teremos mesmo GP da Argentina.

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Ego Recent comment authors
recente antigo mais votado
Ego
Visitante
Ego

Uma PALHAÇADA.

Vergonha para uma empresa como a Michelin que tanto criticou a Pireli na F1.

últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png