MXGP: Sétima vitória para Tim Gajser

Por a 7 Julho 2019 11:10

No GP da Indonésia, o piloto da Honda dividiu as vitórias nas mangas com Romain Febvre mas, mais uma vez, fez tudo o que era necessário para garantir um novo triunfo.

Na primeira manga, Tim Gajser saiu da grelha na frente do pelotão logo seguido por Jeremy Seewer, Glenn Coldenhoff e Max Anstie. Este trio disputou entre si a 2ª posição e permitiu que o esloveno se isolasse no comando.

A meio da corrida, Anstie “roubou” o lugar a Seewer e levou a sua KTM ao lugar intermédio do pódio. O piloto da Yamaha teve de se contentar com o 3º lugar, cortando a meta na frente do seu colega de equipa, Romain Febvre. O francês não foi tão forte nos momentos iniciais da manga e perdeu com isso.

 

 

Na segunda corrida, o “holeshot” foi novamente de Tim Gajser. Na perseguição ao piloto da Honda colocaram-se logo três pilotos da Yamaha: Jeremy Seewer, Romain Febvre e Gautier Paulin.

O suíço cometeu um erro nas primeiras voltas e permitiu a ultrapassagem de Febvre. De imediato o francês começou a ganhar tempo a Gajser. Pouco depois, o esloveno sofreu uma queda e deixou o n.º 461 sozinho na liderança da manga. Gajser caiu para 3º mas rapidamente superou Seewer e ascendeu ao 2º posto.

O líder do campeonato sabia que não precisava de vencer esta manga para conquistar o triunfo no GP da Indonésia e soube gerir o seu esforço até final. Quem surpreendeu Seewer nas últimas voltas foi Glenn Coldenhoff, que assim subiu ao pódio na segunda manga.

Na classificação geral, Tim Gajser (1º/2º) superou as adversidades para conquistar uma nova vitória. Romain Febvre (5º/1º) saiu de Palembang com o 2º posto na frente Jeremy Seewer (3º/4º).

A caravana do Mundial de Motocross vai manter-se na Indonésia por mais uma semana – no dia 14 de Julho em Semarang disputa-se a 12ª ronda do campeonato.

 

 

 

((Foto: HRC)

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Destaque Homepage
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png