MotoGP/SBK: Andrea Dovizioso abaixo do recorde em Jerez

Por a 23 Novembro 2017 12:56

Já vai quase com quatro horas mais um dia de testes privados no circuito de Jerez, o segundo para os pilotos de MotoGP e o quarto para os homens do Mundial de Superbikes.

A manhã foi muito animada com os tempos a caírem de forma vertiginosa, factor para o qual muito está a contribuir o novo asfalto da pista andaluz, que teve ontem pela primeira vez os protótipos de MotoGP a pisar esse novo ‘tapete’. De tal forma que o líder da tabela de tempos, Andrea Dovizioso, já bateu por quase 0.3s o recorde oficial da volta mais rápida de um protótipo de MotoGP ao circuito de Jerez, que data de 2015 e está na posse de Jorge Lorenzo, então aos comandos de uma Yamaha.

O piloto da Ducati parou o cronómetro em 1m37.663s, registo que deixa a 0.3s o segundo classificado que é o seu colega de equipa, Jorge Lorenzo. Os dois pilotos da Ducati entraram com tudo e são, até ao momento, os únicos homens que já rodaram, nestes ensaios, abaixo do segundo 38.

No terceiro posto está a figura da véspera, Andrea Iannone. O piloto da Suzuki já bateu por 25 milésimos o seu crono de ontem, mas está a mais de meio segundo de Andrea Dovizioso. Depois de ontem ter tido a companhia de Sylvain Guintoli, Iannone tem hoje ao lado o habitual colega, Álex Rins, que surge no sétimo posto.

Em quarto está Tito Rabat, que continua a mostrar as suas boas sensações aos comandos da Ducati Desmosedici GP17 da Avintia Racing. Rabat já superou em quase meio segundo o tempo registado no dia de ontem. O top cinco é completo por Cal Crutchlow, piloto que está a assumir sozinho, em Jerez, o desenvolvimento da nova Honda RC213V face à ausência dos pilotos da equipa oficial, Marc Márquez e Dani Pedrosa.

Na batalha dos estreantes, tal como ontem, Takaaki Nakagami continua a levar a melhor sobre Franco Morbidelli com os dois pilotos a estarem separados por somente 29 milésimos, sendo que ambos já melhoraram as suas marcas em comparação com a véspera. Em pista tem estado também Álex Márquez, piloto de Moto2 que aqui tripula a Honda da Marc VDS do lesionado Thomas Lüthi. Jack Miller, que ontem não rodou, é outra das novidades no dia de hoje. Contudo ao contrário dos testes oficiais de Valência da passada semana, desta vez o australiano tem estado discreto.

Já entre os pilotos do Mundial de Superbikes o dia de hoje está a ser marcado pela ausência da Kawasaki bem como de Chaz Davies. Desta forma a tabela de tempos é liderada pela Yamaha de Alex Lowes, que na classificação conjunta com os pilotos de MotoGP aparece apenas na 14ª posição a mais de dois segundos do topo.

Lowes é secundado pelas Ducati de Marco Melandri e Javier Forés, enquanto no campo da Honda, Leon Camier, continua a progredir aos comandos da CBR1000RR Fireblade SP2. O britânico parece estar a adaptar-se bem à moto nipónica e já superou quase em um segundo o seu melhor tempo verificado ontem.

Classificação:

0 0 vote
Article Rating
1 Comentário
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Jarno Saarinen
Jarno Saarinen
3 anos atrás

Lorenzo sempre foi muito arrogante, e nestes dois últimos anos tem tomado um valente duche de humildade, principalmente este ano, em que quanto a mim, sendo claramente batido por Dovisioso, está ainda mais fora de pé que no ano passado com a sua incapacidade de pilotar à chuva, e desculpas ridículas.

Ensaios
últimas Destaque Homepage
últimas Motosport
Motomais
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x