MotoE 2020: Avant Ajo MotoE e Tuuli continuam juntos

Por a 1 Fevereiro 2020 16:00

A Avant Ajo MotoE e Niki Tuuli unem forças pelo segundo ano consecutivo em 2020, para lutar pela vitória numa nova edição da Copa do Mundo FIM Enel MotoE. O piloto de 24 anos volta a competir pela equipa finlandesa, que assumirá um nome diferente e novas cores este ano, graças a um novo parceiro principal: Avant Tecno Oy, fabricante de empilhadoras de alta qualidade.

Niki Tuuli adaptou-se bem à classe na sua temporada inaugural, e em Sachsenring fez história, vencendo a primeira corrida de todos os tempos na competição de motos elétricas.

Ele teve um ótimo começo de campanha, mas uma lesão algo grave na terceira ronda da Copa do Mundo de MotoE interrompeu o seu progresso, impedindo-o de participar na parte final do campeonato.

Com Tuuli agora em recuperação, a equipa Avant Ajo MotoE espera continuar desfrutando de sucesso na segunda edição da série com o jovem finlandês.

A temporada de cinco rondas de 2020 da Copa do Mundo de MotoE começará a 3 de Maio no circuito Jerez-Angel Nieto e terminará em 15 de Novembro no circuito Ricardo Tormo em Valencia.

Aki Ajo – Gerente da equipa, comentou: “Estamos muito felizes em começar a segunda temporada da Copa do Mundo de MotoE, especialmente porque teremos Niki Tuuli e todos os nossos patrocinadores connosco novamente. O início do ano passado foi muito bom para nós, mas no final da Copa do Mundo a situação mudou devido à lesão de Niki em Misano. Sentimos que 2019 foi muito positivo e começamos 2020 com o objetivo de lutar pelas primeiras posições do campeonato. Temos o prazer de continuar trabalhando com todos os nossos parceiros e queremos agradecer a todos. Estamos entusiasmados por começar a próxima temporada, uma nova etapa para a equipa Avant Ajo MotoE. ”

Niki Tuuli: “Antes de tudo, quero agradecer à equipa e principalmente ao Aki Ajo por me dar outra oportunidade de mostrar o meu potencial. Estou muito feliz. O objetivo agora é repetir o grande começo de temporada que tivemos no ano passado. Sinto-me bem, mas sabemos que ainda há trabalho a ser feito para recuperar 100% da lesão sofrida em 2019. Trabalharemos duro em 2020 para ter um ano livre de erros, no qual possamos continuar recuperando e conseguindo resultados entre as primeiras posições em todas as corridas. “

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Destaque Homepage
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png