Moto2: Miguel Oliveira é 6º em liderança de Brad Binder

Por a 26 Outubro 2018 08:06

Ao contrário dos pilotos de Moto3, o pelotão de Moto2 rodou no circuito de Phillip Island sempre com a pista seca, neste primeiro dia do Grande Prémio da Austrália.

Mesmo assim a jornada, nomeadamente na segunda e última sessão do dia, ficou marcada por muitas quedas e que obrigou um elevado número de pilotos a deslocar-se ao centro médico do circuito.

Miguel Oliveira não foi um dos azarados do dia, onde ficou com o quinto melhor ‘crono’ nas duas sessões realizadas. Um desempenho que deu ao piloto português o sexto posto no computo geral do dia de trabalho. Oliveira melhorou em quase 0.3s o seu tempo de uma sessão para a outra e ficou a 0.386s do seu colega de equipa Brad Binder, o mais forte em pista. Numa jornada onde a KTM colocou três motos nos seis primeiros lugares fica a nota de que as máquinas austríacas poderão vir a ter uma importante palavra a dizer durante o fim de semana.

Marcel Schrötter, o mais rápido na primeira sessão, e Mattia Pasini ficaram com a segunda e terceira posições, respetivamente, mas não melhorar os tempos obtidos no primeiro apronto. De referir que Schrötter a par de Brad Binder foram os únicos pilotos a entrar no segundo 33. Iker Lecuona, que não evitou uma queda, e Francesco Bagnaia, líder do campeonato, completaram o top cinco da folha de tempos.

Classificação do dia:

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Destaque Homepage
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x