MotoGP, Qatar: Desforra de Asman na Corrida 2 da IATC

Por a 9 Março 2020 18:30

Syarifuddin Azman jogou na perfeição para se tornar no segundo vencedor do ano da Copa de Talentos da Asia, ficando por cima em mais uma incrível corrida no Circuito Internacional de Losail, no Qatar, com o malaio a vencer entre um grupo de cinco para conquistar a sua segunda vitória na série e a primeira do ano.

Kanta Hamada, vencedor da corrida 1, mantém a liderança depois de ter chegado em segundo, a 0,049 de distância, com o pódio concluído por Harrison Voight, a primeira visita ao pódio do australiano.

Foi o home da pole Taiyo Furusato que mais uma vez saiu à frente, com um arranque estonteante da linha, mas desta vez aqueles que estavam atrás dele conseguiram manter-se em melhor contacto desde o início.

A partir daí, um grupo de cinco emergiu no comando à medida que se tornava claro que a Corrida 2 ia ser mais do que um duelo – com Hamada, Azman, Gun Mie e Voight todos capazes de vencer.

Foi assim que ficou no Domingo, com alguns movimentos impressionantes e muitas ultrapassagens a marcar a luta na frente, e o xadrez de alta velocidade da Corrida 1 substituído por uma batalha sem tréguas.

Ao chegar à última curva, Furusato voltou a optar por permanecer na liderança – mais uma vez tendo liderado por muitas voltas da corrida também – mas, mais uma vez, não resultou. A aerodinâmica ia decidir a corrida, mas desta vez entre cinco.

Enquanto Furusato pôs tudo em jogo, os que estavam atrás estavam a ganhar terreno e foi Azman quem conseguiu unir o grupo. O malaio cronometrou perfeitamente para se colocar ao lado e depois passar Furusato, chegando à linha a apenas meio décimo do homem na sua cauda – Hamada, pois o número 8 também passou por Furusato. Tal como Voight, com Furusato forçado a contentar-se com o quarto lugar, apesar de tanto trabalho.

Gun Mie acabou a um par de décimos atrás, mas mesmo assim tornou-se um fim de semana de estreia para recordar, pois seguiu o quarto lugar na Corrida 1 com outro top 5 no Domingo, com uma batalha ainda mais renhida atrás de si para o sexto lugar. O australiano Max Gibbons venceu por apenas 11 centésimos, lutando contra Shoki Igarashi, enquanto o japonês foi arrastado de volta para 7º.

Agora é hora de recarregar, com mais ação da IATC à espera.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x