MotoGP, Dixit, Brno: Miguel Oliveira: “Estou feliz com o resultado”

Por a 9 Agosto 2020 23:36

Não só Pol Espargaró, mas também Miguel Oliveira gostaria de ter garantido a primeira vitória da KTM na MotoGP em Brno em vez de Binder.

A corrida de MotoGP em Brno tornou-se uma celebração para a KTM. Além da vitória do estreante Brad Binder, o piloto da Red Bull KTM Tech3, Miguel Oliveira, subiu de 13º para o 6º lugar na corrida – e por muito pouco o português não superou Valentino Rossi.

No entanto, a boa performance de Miguel Oliveira quase se esvaneceu entre o júbilo da vitória de Binder e o azar do seu companheiro de equipa da Red Bull KTM, Pol Espargaro. O português lutou de P14 para o sexto lugar. “Estava confiante numa boa corrida e no final, estou feliz com o resultado. Mas com uma posição inicial melhor, poderia ter tido um resultado completamente diferente. Esse é o único aspeto negativo neste fim de semana. A queda no FP1 custou-me um lugar no Q2.

Oliveira admite: “Quando se começa do 13º lugar, não é fácil. Claro, eu ultrapassei alguns pilotos, mas o pneu vai naturalmente desgastar-se. Mas o meu ritmo era semelhante ao do Brad”, até meio da corrida. “É por isso que estou feliz. É um resultado que me faz sentir positivo antes das duas corridas na Áustria, onde com certeza estaremos bem.”

O português, que como Binder passou pela Red Bull Rookies Cup, também explica: “É difícil dizer o que fez a diferença aqui em Brno. A nossa moto funcionou muito bem aqui, mas esse já era o caso nas últimas corridas. Em Jerez, o Brad, Pol e eu estivemos muito rápidos. Iker esteve um pouco atrás, mas também foi rápido. Acho que temos um pacote muito mais forte do que costumávamos ter”.

Sobre as peculiaridades de Brno: “Com a baixa aderência aqui, o que poderíamos apostar era numa pouca inclinação, mas travagem forte, para não aquecer o pneu tão rápido. A vitória não era esperada, claro, especialmente por Brad. Mas ele estava lá e aproveitou a oportunidade. Ele fez um bom trabalho e mostrou o potencial”.

Sobre a vitória do seu ex-companheiro de equipa, Oliveira afirmou: “Se certamente fiquei feliz pelo Brad, ao mesmo tempo, não poderei estar insatisfeito comigo mesmo. O que me custou uma vitória foi a qualificação. Não tenho ciúmes do Brad. Ele confia muito no pneu dianteiro. Fiz a minha melhor corrida de MotoGP até agora, não posso querer mais. Temos que fazer menos comparações e fazer o nosso trabalho. Cada um tem o seu próprio estilo de trabalho.”

0 0 vote
Article Rating
4 Comentários
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
FanMotores
FanMotores
1 mês atrás

Grande prova Miguel, em 6° tão perto do Rossi e dos da frente, à frente do Fábio, tudo maravilhoso e se a vitória da Tlm tivesse ido para o Pol, que a merecia mais do que ninguém pelo trabalho que tem feito, seria a felicidade total. Mas ser o Binder, da cá uma azia!! Este gajo é bom mas tem cá uma sorte!! Andou sempre na sombra do Miguel, mas tem aproveitado sempre muito bem as sobras dele, quer na M3 quer na M2 e agora tb no MGP. Que sortudo, mas que eficácia a aproveitar as oportunidades, que é o que tem faltado ao Miguel. Muito esforço, muito trabalho, muita luta e muito mérito. Um piloto fantástico, mas nunca está lá na hora certa e sobretudo pela péssima estratégia nos treinos. Não estou bem certo pois estive a ver no tlm, mas numa certa altura julgo que do TL3 ia com os marcadores todos a laranja e … entra na box!!!
Não sei se a culpa é dele ou da equipa, mas é nos treinos que têm que apostar as fichas todas, depois na corrida deixem com ele que ele resolve (se um colega de equipa não o deitar ao chão – já lhe estragaram pelo menos 2 corridas em que podia brilhar!!).
Boa sorte Miguel, a próxima tem que ser tua!!

FanMotores
FanMotores
Reply to  FanMotores
1 mês atrás

* vitória da KTM (claro! este corretor 🤬)

Paulo Araújo
Editor
Reply to  FanMotores
1 mês atrás

Bom comentário… O Jeremias Borgesso de fama Doohan e Rossi dizia que as corridas se ganham no Sábado!

JF
JF
Reply to  FanMotores
1 mês atrás

O Miguel não quis ir para a KTM preferiu ficar na Tech3 e depois quando o Binder foi ficou amuado.
O Binder está a fazer o trabalho dele, por sinal bem, teve sorte, é capaz mas para a ter é preciso estar lá e aproveitar, é óbvio que a vitoria do Binder ofuscou a prestação do Miguel, ainda para mais é a primeira vitoria da KTM.

O Espargaró só se pode queixar dele próprio, como diz o Stoner o Zarco não fez nada, quando o Pol cometeu um erro e quer voltar a moto do Zarco já lá estava

Aquilo que os pilotos fazem no Moto2 e no Moto3 muitas vezes tem pouca relevância para o que depois fazem no MotoGP, Doohan, Stoner, Quartararo, por exemplo têm algum passado pelas categorias mais baixas com sucesso, não, outros entram directamente em MotoGP, Pedrosa teve sucesso e apesar de ser grande piloto nunca conseguiu ser campeão em MotoGP e o Binder até tem um titulo de Moto3 e um vice de Moto2, e o Miguel tem 2 vice, um em cada categoria, o problema é que as pessoas acham que por ser português é o maior e fazia isto e aquilo se tivesse uma moto assim e assado.

O Miguel é bom, senão não andava lá, tem vindo a evoluir e a melhorar, mas não é nem nunca será um fenómeno, se pode ser campeão do mundo? pode e espero que o seja, é preciso é estar no sitio certo à hora certa, porque tem no plantel do MotoGP, pilotos com tanto talento como ele e com mais talento, agora não lhe metam pressão em cima que ele não precisa disso para nada

Este campeonato está super aberto e quando vier o Marquez ainda vai ficar mais, qualquer um pode ser campeão do mundo este ano, até o Marquez ainda pode vir a ser

Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
4
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x